0

Tomar BCAA Antes ou Depois do Treino?

Que o BCAA é um suplemento quase que indispensável para quem treina intensamente ninguém discute. Formados pela valina, leucina e isoleucina, diminuem os efeitos do catabolismo e aceleram a recuperação das microlesões musculares sofridas durante os treinos.

O que gera muita dúvida, no entanto, é o horário certo de tomar este suplemento. Seria melhor tomar BCAA antes ou depois do treino? Ou o ideal seria tomar nos dois horários?

 

Para que serve o BCAA?

 

O BCAA (Branch Chain Amino Acids), traduzido para português, quer dizer Aminoácidos de Cadeia Ramificada. Os aminoácidos previnem a fadiga muscular e melhoram a recuperação entre os treinos, além de ajudar a evitar que o corpo utilize a própria musculatura como fonte de energia durante os exercícios de força e resistência. Sendo assim, o BCAA serve para prevenir o catabolismo e pode ser uma fonte de energia para as fibras musculares durante os períodos de contração prolongada.

 

BCAA antes do treino

 

Tomar BCAA 30 minutos antes de começar o treino irá ajudar a regular os níveis de cortisol no sangue durante os exercícios. Liberado em resposta ao estresse causado pela atividade física, o cortisol promove catabolismo e dificulta o ganho de massa muscular. Além disso, como já vimos acima, o BCAA pode ser uma fonte complementar de energia, o que evita o surgimento da fadiga. Na prática, esses efeitos do BCAA contribuem para um maior número de séries – e mais qualidade das mesmas, pois a diminuição da fadiga garante que você consiga fazer o movimento por completo em todas as repetições.

Então, tomar o BCAA antes do treino é uma melhor opção para quem treina de manhã, pois após diversas horas em jejum os músculos estão mais do que necessitados de uma fonte de aminoácidos de rápida absorção.

 

BCAA depois do treino

 

Logo após o final do treino seus músculos estão literalmente desesperados por mais nutrientes, pois os exercícios intensos utilizaram quase todas suas reservas e ainda por cima lesionaram as fibras musculares. É nesse momento que se abre o que chamamos de uma janela de absorção, um período curto após o treino onde a entrada de nutrientes nos tecidos é muito maior que o habitual. Faz sentido, portanto, consumir BCAA após o treino, pois sua absorção será facilitada e seus músculos terão aminoácidos disponíveis para iniciar a síntese de proteínas e recuperar a musculatura. Além disso, o BCAA tem absorção muito mais rápida que as demais fontes de proteína, o que significa um menor risco de catabolismo dos músculos já existentes.00

Leia também: Por que ocorre retenção de líquido após o treino?

De maneira resumida, tomar BCAA no pós-treino melhora a recuperação, facilita o ganho de massa muscular (pois fornece nutrientes para a síntese de proteínas) e permite que você consiga treinar novamente em menos tempo e com bastante intensidade. Bons treinos!

0

O que é o Sineflex?

 

Sineflex é uma termogênico com formulação inédita. São dois tipos de cápsula em um único frasco (somando 12 substâncias biodisponíveis), que são utilizadas em conjunto: Pure blocker, um blend exclusivo da Power Supplements que queima e bloqueia a gordura de forma inovadora. Dynamic Focus, um estimulante que acelera o metabolismo. Aliados, Sineflex cria uma termogênese que derrete a gordura e age sinergicamente.

 

Quais são os resultados do Sineflex?

 

  • Aumenta a queima de gordura corporal;
  • Gera efeito o termogênico, aumentando a resposta térmica do organismo;
  • Aumenta a atividade metabólica;
  • Reduz a absorção de gordura;
  • Melhora a atividade do gastrointestinal eliminando mais calorias;
  • Provoca sensação de saciedade;
  • Dificulta a absorção de colesterol e lipídeos, evitando o acúmulo de gordura;
  • Aumenta a liberação de adrenalina.

 

Há alguma contraindicação?

 

Sim. É contra indicado à pessoas com hipertensão, arritmia cardíaca e outros históricos de problemas no coração, já que seus efeitos colaterais podem causar ansiedade, dores de cabeça, insônia, nervosismo e taquicardia. Efeitos relacionados também ao uso da cafeína. Além disso, crianças e gestantes devem evitar seu consumo.

 

O Sineflex funciona mesmo?

 

Sim, o Sineflex é um bom suplemento emagrecedor e pode ser de grande ajuda para pessoas que querem perder peso! É o mais eficaz suplemento importado, além de ter um ótimo custo x benefício. Porém, é válido lembrar que, todos os suplementos termogênicos foram desenvolvidos para auxiliar na queima das reservas de gordura corporal. Muitas pessoas precisam ter isso em mente, pois um suplemento termogênico sem dieta e exercícios é quase a mesma coisa que nada. Bons resultados estão diretamente ligados a dedicação e comprometimento, seja para emagrecer ou em qualquer outro objetivo.

 

Bons treinos!

0

Para que serve os termogênicos?

Os Termogênicos, também conhecidos como queimadores de gordura, trabalham transformando em energia as calorias provenientes da gordura corporal e da alimentação. Pode parecer estranho, mas comer queima caloria. Para isso é preciso ingerir alimentos ou substâncias que exerçam essa função no organismo. São os chamados termogênicos.

Para quem quer perder peso, a matemática é simples: você precisa gastar mais do que consome. Isso pode ser feito reduzindo a ingestão de alimentos ou aumentando o gasto calórico. Para muitos é bastante difícil conseguir resistir a algumas tentações como um belo bombom de chocolate ou um churrasco com os amigos. Portanto, fica mais fácil gastar mais calorias e para isso você pode precisar da ajuda dos termogênicos.

Mas não pense que tomar apenas termogênicos e não manter uma alimentação balanceada, vai fazer com você perca gordura e emagrece. Não existe milagre! Uma escapa ou outra, na dieta, como no famoso dia do lixo, tudo bem, no entanto que tudo tenha controle e equilíbrio, ai sim os termogênicos podem dar um grande auxilio no seu objetivo.

 

Benefícios dos Termogênicos

 

A ação dos termogênicos é muito rápida. O principal benefício é a queima eficaz da gordura e o consequente emagrecimento. Além disso, o consumo traz outros benefícios como:

 

  • Redução do apetite;
  • Favorecimento do metabolismo;
  • Mais energia para os treinos melhorando assim a performance;
  • Definição da massa muscular;
  • Melhoram o foco;
  • Melhora o desempenho nos treinos.

 

Como tomar Termogênicos

 

Cada marca de termogênico irá indicar os melhores horários e doses para consumir o suplemento. Porém, as melhores indicações são de utilizar o produto entre 15 e 60 minutos antes dos exercícios.

0

Como tomar Sineflex Hardcore?

 

Depois do grande sucesso do primeiro Sineflex da Power Supplements, está disponível no mercado a versão Hardcore desse termogênico. O Sineflex Hardcore da Power Supplements é um excelente termogênico para perder peso e ganhar mais disposição durante seus treinos.

O interessante do Sineflex Hardcore é que ele age de duas maneiras diferentes, sendo que para isso há dois tipos de cápsulas: as brancas e as beges.

 

Para que serve o Sineflex Hardcore?

 

Serve tanto para eliminar o excesso de gordura do corpo quanto para dar mais energia durante os treinos de musculação e aeróbicos.

As cápsulas beges são também chamadas de pure blocker e servem para absorver toda a gordura ingerida através da alimentação antes que elas sejam metabolizadas pelo corpo.

Já as cápsulas brancas são conhecidas como dynamic focus, que funcionam de maneira ainda mais acelerada. Elas possuem duas vezes a concentração das cápsulas beges e servem para queimar a gordura de maneira mais eficiente.

 

Composição

 

O Sineflex Hardcore é composto por carboidratos, fibras e possui teor 0 de sódio, o que ajuda o organismo a não reter líquidos e inchar.

O suplemento também possui vários tipos de vitaminas, como Vitamina C, Vitamina PP, Vitamina B5, Vitamina H, Vitamina B12 e Magnésio. Possui ainda maltodextrina que ajuda a liberar mais energia durante os treinos, além da cafeína (presente na cápsula branca).

Com exceção da Vitamina B12 e do Magnésio, todas elas correspondem a 50% das necessidades diárias. Por isso, o Sineflex Hardcore é bom tanto para quem quer perder peso para quem quer manter a alimentação equilibrada.

 

Benefícios do Sineflex Hardcore

 

  • Tem o dobro de cafeína do Sineflex Tradicional;
  • Metabolismo mais ativo;
  • Auxilia na queima de gordura corporal aumentando a definição muscular;
  • Possui ingredientes naturais;
  • Possui uma boa quantidade de fibras e várias vitaminas;
  • Não demora muito tempo para apresentar os efeitos do emagrecimento;
  • Ajuda a controlar os níveis de colesterol ruim;
  • Maior sensação de plenitude;
  • Reduz vontade de comer doces ou alimentos muitos calóricos;
  • Contribui para um treino mais intenso pelo aumento de energia, força e disposição.

 

O Sineflex Hardcore não é recomendado para quem possui problemas cardíacos porque além do aumento de pressão ele também pode causar taquicardia e arritmia.

 

Como tomar o Sineflex Hardcore

 

  • Cápsula Pure Blocker (bege): Ingerir 2 (duas) cápsulas, 2 vezes ao dia.
  • Cápsula de Cafeína Hardcore Formula (branca): Ingerir 1 (uma) cápsula ao dia.

 

Contra-indicação

 

Este produto não deve ser consumido por crianças, gestantes, nutrizes, idosos e portadores de enfermidades. Pessoas alérgicas a peixes e crustáceos devem evitar o consumo deste produto.

0

Em quanto tempo se perdem os benefícios dos exercícios?

 

Todos conhecem os benefícios dos exercícios físicos, mas ele não são permanentes. E, infelizmente, os benefícios chegam mais devagar para quem começar a praticar do que os prejuízos para quem abandona as atividades.

 

Veja abaixo o que pode acontecer com o corpo após um período sem atividades físicas.

 

  1. Dez dias sem exercícios

É uma certeza científica de que praticar exercícios ajuda na saúde do cérebro. Um estudo de 2013 comprova que praticar atividades físicas ajuda a combater a perda de memória relacionada com o avanço da idade. Um novo estudo mostra que mesmo uma pequena pausa dos exercícios pode causar mudanças no cérebro. Um grupo de maratonistas experientes deixou de se exercitar por 10 dias. Então uma ressonância magnética foi feita e mostrou redução do fluxo sanguíneo no hipocampo. O hipocampo é associado com a memória e as emoções. Eles não apresentaram mudanças cognitiva (relacionada com a capacidade de aprender e reter conhecimento).

 

  1. Duas semanas sem exercícios

Em apenas 14 dias, a pessoa já apresenta mais dificuldade para subir escadas ou jogar uma simples partida de futebol. A quantidade máxima de oxigênio que o corpo consegue usar cai após esse período – cerca de 10% em 14 dias. Mesmo que não haja muita variação na força ou velocidade, os níveis de açúcar no sangue e pressão sanguínea podem subir.

 

  1. Depois de quatro semanas sem exercícios

A força de uma pessoa que abandona os exercícios diminui mais rápido que sua resistência. Um estudo publicado em 2011 no Journal of Strength and Conditioning aponta que um grupo de homens deixou de fazer exercícios de resistência e mesmo assim conservou sua força até 24 semanas depois.

 

  1. Oito semanas: perda dos benefícios dos exercícios

Gordura. Depois de dois meses sem exercícios, as mudanças no corpo são visíveis no espelho e também na balança. Mesmo em atletas de elite isso é notável. O mesmo Journal of Strength and Conditioning Research publicou um estudo em 2012 sobre nadadores de competição que pararam de treinar por 5 semanas. Após esse período, eles tinham em média 12% a mais de gordura no corpo, além de aumento de peso e circunferência abdominal.

 

Isso não quer dizer que um descanso é sempre prejudicial. Quando um atleta corre a Maratona de Boston (cerca de 42 km) ele vai precisar de alguns dias de repouso. Nesse período, fazer caminhada, alongamentos, natação leve – tudo isso pode ser benéfico.

0

3 dicas de como emagrecer de forma saudável

 

1. A primeira coisa a se pensar é a dieta

 

Não existe mistério nem segredo quanto a isso. Você precisa fazer com que seu corpo consuma mais calorias do que acumule.

Treinamentos com características a gerar um distúrbio metabólico irão fazer com que você construa músculos e mantenha um nível acelerado no seu metabolismo durante o pós treino. Para tal, a dieta se faz importante para manutenção da massa muscular. Uma dieta bem estruturada e a combinação perfeita de alimentos necessários para a reposição dos nutrientes “queimados” no treino, farão com que você se sinta saciado o dia todo, sem que passe fome.

 

2. Seria interessante manter seus treinos em torno de 1 hora

 

Muito mais que isso faz com que seu corpo produza muito cortisol, o que não é favorável a perda de gordura. O descanso reduzido, por aumentar bastante a intensidade do seu treino, resultam em uma grande queima de gordura pós treino. O problema é manter o ritmo com intervalos curtos, pois a intensidade deverá cair se seu condicionamento físico não estiver em um nível decente. Para isso, você pode aos poucos ir reduzindo até chegar a 10 ou 5 segundos de descanso (até mesmo diminuir a zero), dependendo da configuração do seu treinamento, por isso converse com seu treinador.

 

3. Terapias de recuperação

 

Terapias como meditação, relaxamentos, massagens, etc, fazem com que se estimule a remoção do lactato e melhore sua função imune. Além disso, alguns tipos de massagens estimulam os receptores da pele e diminuem a sensação de dor.

 

Sua recuperação, dieta e redução do estresse tem um impacto muitas vezes subestimado no sucesso do seu treinamento. Você vai melhorar radicalmente seus resultados mudando hábitos da sua vida que promovam uma melhoria nesses fatores.

0

3 cuidados nos treinos para evitar dores nos joelhos

Um dos problemas mais recorrentes em quem pratica exercícios periodicamente, são as lesões que se acumulam a cada recuperação mal feita dos tecidos que não foram reabilitados de maneira efetiva. Uma dorzinha alí, um desconforto ou um mal jeito que incomoda o dia a dia, são mais comuns do que se imagina e podem ser facilmente evitados. Por isso, segue 3 dicas importantes para você evitar dores nos joelhos após seu treino.

 

Desequilíbrio entre anterior e posterior da coxa

 

O equilíbrio das forças é essencial para a integridade física dos joelhos. A falta de exercícios específicos (flexões de joelho, stiff…) aliada à classificação errônea de alguns exercícios como sendo de posterior (agachamento sumô, leg press com pé para cima), leva a um trabalho deficiente dos músculos posteriores, agravando o desequilíbrio.

 

Leia também: Musculação na prevenção e tratamento de lesões

 

Excesso de atividades

 

É comum das pessoas acabar se envolvendo em muitas atividades (corridas, ginásticas, spinning, musculação…). Além disso prejudicar os resultados, diversos autores defendem que o excesso de uso é um dos principais causadores das dores patelofemorais.

Leia também: Porque ocorre a retenção de líquido após o treino.

 

Abusar da cadeira extensora

 

Acadeira extensora promove elevados picos de tensão no ligamento cruzado anterior e também de compressão patelofemoral. Use-a com moderação.

 

Sempre que sentir alguma dor, procure um médico e/ou especialista.

0

Suplemento para Emagrecer: Conheça 4 suplementos alimentares

Emagrecer é o desejo de quase todos que começam a frequentar uma academia e iniciam uma dieta. Essa vontade antecede a de ganhar massa muscular mas, em pouco tempo de treino, ter músculos e um corpo com menos gordura se torna um objetivo que anda de mãos dada com o emagrecimento. É então que a maioria das pessoas perceber que, para chegar no fim desse caminho com sucesso, uma suplementação pode ser indicada, especialmente para aqueles que apresentam mais dificuldades para usar a gordura corporal como forma de energia.

 

Suplementos para emagrecer x dietas

 

A resposta para essa pergunta é bem simples e óbvia: ambos devem ser aliados, devem caminhar em paralelo em prol de um objetivo em comum. Se você focar apenas na suplementação e abrir mão de uma dieta de qualidade, o resultado não vai ser o esperado, por melhor que seja o suplemento para emagrecer. De fato, a maioria das pessoas irá começar equilibrando a alimentação e depois passará à suplementação de qualidade. O tempo para isso acontecer depende muito de cada um, mas não há mal algum em ser logo no início dos treinos.

De forma geral, o que esses produtos irão fazer é dar ao organismo os nutrientes que são difíceis de conseguir só com a dieta. Seja aqueles para aumentar a temperatura corporal, ou mesmo que tragam vitaminas. Quando treinamos de forma mais intensa, o corpo pede mais nutrição e nem sempre a alimentação consegue suprir essa demanda, mesmo que seja equilibrada e controlada.

 

Termogênicos

 

Os termogênicos são suplementos indicados para aumentar a temperatura corporal. Essa propriedade pode ser encontrada em muitos alimentos, como a pimenta vermelha. Mas, imagine tentar encontrar uma série de alimentos com essa propriedade dia após dia? É nessa hora que os suplementos termogênicos podem ser fundamentais para alcançar essa funcionalidade.

Aumentar a temperatura corporal significa deixar o metabolismo mais acelerado e propenso a queimar gorduras rapidamente. Eles são considerados “queima barriga”, porque utilizam a gordura corporal como fonte de energia. Muito eficazes, os termogênicos são bastante naturais, não apresentando riscos para a saúde, pois utilizam elementos naturais na sua composição, como a cafeína.

 

Chá verde

 

É bem comum que as pessoas optem pelo chá verde como forma de emagrecimento e não é a toa: ele é um termogênico poderoso, muito recomendado para aumentar a temperatura corporal e aumentar o metabolismo, queimando gorduras mais facilmente e de forma muito eficaz, transformando-a em energia. A dica que damos é casar o uso do chá com outras substância, optando por um suplemento que tenha o chá verde na composição, junto com outros, como o guaraná.

É o caso do Black Viper, que une essas duas substâncias e traz resultados mais potentes. Mas, falaremos dele mais abaixo, durante nossa lista. O importante aqui é entender que o chá verde é um dos suplementos mais recomendados e quando aliado aos demais termogênicos, seus efeitos são potencializados.

 

Black Viper

 

O black viper é o suplemento que citamos no item acima, ele tem uma união bem inteligente entre o guaraná e o chá verde. Além disso, ele também conta com uma substância chamada Sinefrina, que também atua acelerando o metabolismo.

Nossa dica é sempre procurar por suplementos que unam as substâncias, porque eles costumam ser mais eficazes, e trazem tudo aquilo que a alimentação é capaz de oferecer, afinal, a quantidade de alimentos disponíveis é enorme e cada um tem uma direção e é impossível comer de tudo em um dia. É por esse motivo que suplementos como o black viper são recomendados.

Além dos nutrientes que citamos, ele também tem o Citrus Aurantium, que é um inibidor de apetite. Esse tipo de substância é muito recomendada, especialmente durante o início do processo de emagrecimento, onde a tendência de sentir mais fome é maior.

 

CLA

 

O CLA, ou ácido linoléico conjugado, é um tipo de gordura que ajuda o organismo a acelerar o metabolismo e também a diminuir a celulite. Muito utilizado nos dias de hoje, este suplemento é capaz de diminuir a gordura abdominal, que é a mais perigosa de todas. Anos atrás, ele foi considerado um agente anti-cancerígeno, mas os estudos sobre esse assunto foram diminuindo com o tempo, o que os torna inconclusivos.

Já no quesito emagrecimento, há sempre um número relevante de profissionais que recomendam o uso do CLA e há no mercado suplementos que o combinam com termogênicos, potencializando os resultados.

 

Conclusão

 

Reduzir a gordura corporal é o caminho que promoverá a disposição. Os suplementos para emagrecer agem como motivadores apropriados para manter redução de gordura, e naturalmente para promover a elevação da sua auto-estima.

0

3 dicas importantes para você treinar e emagrecer com saúde

 

Primeiramente vamos entender que emagrecer é reduzir gordura e não necessariamente o peso em si, ok?!

Leia também: 3 sucos detox emagrecedores para perder barriga

Os treinamentos de musculação e os treinamentos de força mudam profundamente seu corpo e sua vida para melhor. Claro que para isso você deve ser orientado para que a execução seja eficaz. Infelizmente verificamos erros muito comuns, do início ao fim, de um programa de treinamento. Algumas orientações básicas podem ajudar a um maior aproveitamento no seu treinamento para que você tenha mais chances de sucesso na sua perda de gordura. Veja alguns deles:

 

  1. Siga o planejamento. Mantenha-se na linha, tenha força de vontade e acima de tudo, seja paciente. As pessoas mais bem sucedidas são aquelas que utilizam o tempo com sabedoria. Por isso, seja paciente!
  2. No quesito treinamento, deixe de lado os exercícios aeróbicos prolongados. Esse tipo de exercício é uma má escolha, a não ser que você não tenha outra. Além de não ser interessante para suas articulações, ele faz com que seu corpo desperdice massa magra (processo a ser explicado em outro artigo), com isso você queima menos calorias durante seu dia. De forma geral, você pode treinar pelo menos 4 vezes por semana, com cargas moderadas e volume relativamente alto, com descanso reduzido. Básico né?!
  3. Tempo de recuperação. É um componente essencial de qualquer programa de treinamento, incluindo a redução da gordura. Um dos principais objetivos de um programa de perda de gordura é o de produzir uma grande resposta hormonal metabólica, especialmente o hormônio do crescimento (GH). De noite, durante o sono profundo, é onde acontece sua maior liberação. Se você tem um sono conturbado e não consegue dormir bem, o cortisol será elevado, as adaptações serão comprometidas e a perda de gordura irá reduzir ou até parar.

 

Sua recuperação, dieta e redução do estresse tem um impacto muitas vezes subestimado no sucesso do seu treinamento, desta forma você melhora radicalmente seus resultados.

0

Quais são os 5 mitos sobre perder gordura?

 

Para perder gordura e alcançar a tão sonhada definição muscular você jamais deve comer frituras, tem que suar muito na academia e fazer várias refeições durante o dia, certo? Talvez não. Confira alguns mitos sobre perder gordura.

 

  1. Você tem que contar as calorias

 

Contar as calorias do que está ingerindo dá muito trabalho e dificilmente tem resultados positivos. Se o caso é de dificuldade extrema em perder peso, a contagem pode auxiliar, sim. O problema é que contar calorias não considera fatores variáveis. Idade, altura, tipo de trabalho, tipo de treino, massa muscular, taxa de gordura, ingestão de água, medicamentos, condições de saúde, etc. Todos esses fatores estão relacionados com a perda de gordura. Contar o quanto consome sem saber o quanto precisa consumir é um erro.

 

  1. Você precisa fazer mais refeições

 

Comer a cada 2 ou 3 horas, de 5 a 7 vezes por dia, pode funcionar para algumas pessoas, mas não para todas. Pessoas que estão procurando a hipertrofia ou praticam fisiculturismo se beneficiam desse método. Mas para muitas pessoas, fazer seis refeições de peito de frango, batata doce e brócolis só vai prejudicar a motivação. Mais refeições diárias pode reduzir a fome, mas não necessariamente vai aumentar o ritmo do metabolismo. Para muitos, é mais interessante manter as três refeições principais e nelas incluir alimentos ricos em fibra, gorduras boas, vegetais e proteínas.

 

Leia também: 3 passos para dar início a reeducação alimentar

 

  1. Você tem que fazer muito cardio

 

Correr por uma hora é perda de tempo se a intenção é perder gordura. Exercícios com movimentos repetidos fazem os músculos se contrair continuamente. O corpo é teimoso e não quer queimar gordura para produzir energia, então ele vai consumir o tecido muscular primeiro. Se você quer queimar gordura, tem que construir músculos. Musculação e exercícios de alta intensidade podem fazer isso. Exercícios que estimulam o metabolismo o dia todo são ideais. Exercícios de cardio de alta intensidade com intervalo podem ser uma boa pedida.

 

  1. Você não pode comer gordura para perder gordura

 

1 grama de gordura tem mais calorias (9 por grama) do que 1 grama de proteína (4 calorias). Porém, o consumo diário total e o tipo de exercícios que se está praticando são o que determinam o quanto de gordura será perdido. E há muitos gorduras saudáveis que oferecem inúmeros benefícios. Óleo de coco extra-virgem, abacate, castanhas, peixe, etc. são exemplos.

 

  1. Você tem que levantar pouco peso com mais repetições

 

Assim como correr uma hora não queima gorduras, levantar pouco peso em infinitas repetições também não ajuda. Exigir mais dos músculos e sistema nervoso. Assim o metabolismo desperta, acelera e começa a usar gordura como fonte de energia. Para se ter noção, uma série útil para esse objetivo é aquela em que as 4 últimas repetições ficam difíceis. Porém não deve ultrapassar 15 repetições.

 

Em caso de dúvidas, consulte um nutricionista.