0

Sineflex Hardcore ou Lipo 6 Black Ultra Concentrado?

Quem não quer ter um corpo dos sonhos, com muita massa muscular e uma definição invejável? A resposta é unânime. Todos querem. E nessa busca todo auxilio é válido, desde que não coloque a saúde em risco.

Por isso, grande parte dos praticantes de musculação  buscam nos termogênicos uma saúde para aumentar a queima de gordura e assim melhorar a definição muscular. Outra coisa que não se pode comparar, é termogênicos nacionais com termogênicos importados, pois nosso órgão regulador (ANVISA) não permite a maioria das substâncias usadas no exterior. Mesmo assim, existem bons termogênicos nacionais que conseguem prover um bom auxílio para perda de gordura ou emagrecimento.

 

Mas então, qual o melhor suplemento: Sineflex Hardcore ou Lipo 6?

 

Neste post vamos comparar as características dos dois suplementos. Mas antes, é preciso entender primeiramente que, o termogênico sozinho não vai fazer milagres. Se não houver conciliação com a dieta, treinos e orientação de um nutricionista antes de fazer o uso de suplementos, acaba-se jogando dinheiro fora.

 

Do que se trata o Sineflex Hardcore?

 

O termogênico Sineflex Hardcore hoje é um dos termogênicos mais utilizados em todo Brasil, devido aos seus benefícios comprovados por milhares de pessoas que já o utilizaram e seu custo mais acessível do que outros termogênicos. Ele combina 2 suplementos em um só, sendo termogênico e também bloqueador de gordura.

A Power Supplements, fabricante do produto, visando em proporcionar um suplemento ainda mais potente, elaborou uma versão limitada: o Sineflex Hardcore.

O Sineflex Hardcore possui duas vezes mais poder de queima de gordura e bloqueio das gorduras ingeridas na alimentação. Sua apresentação se dá em um pote contendo 150 cápsulas, sendo 120 cápsulas Pure Blocker (Bege) de 600mg cada e 30 cápsulas de suplemento de cafeína para atletas Hardcore Formula (Branca) de 600mg cada. Cada cápsula contém 420mg de cafeína.

 

Quais os benefícios do Sineflex Hardcore?

 

São vários efeitos associados ao uso do Sineflex Hardcore, tais como:

  • Aumento da queima de gordura corporal;
  • Gera efeito termogênico, aumentando a resposta térmica do organismo;
  • Aumento da atividade metabólica;
  • Reduz a absorção de gordura;
  • Melhora a atividade do gastrointestinal eliminando mais calorias;
  • Provoca sensação de saciedade;
  • Dificulta a absorção de colesterol e lipídeos, evitando o acúmulo de gordura;
  • Aumenta a liberação de adrenalina.

Entenda que, este suplemento ajuda como um auxílio no processo de emagrecimento, é um recurso para aumentar a queima de gordura, ou seja, sozinho não vai fazer milagres. Se não houver conciliação com a dieta e treinos, acaba-se jogando dinheiro fora.

 

Fórmula do Sineflex Hardcore

 

O Sineflex Hardcore é composto por carboidratos, fibras e possui teor 0 de sódio, o que ajuda o organismo a não reter líquidos e inchar. Além disso, também possui vários tipos de vitaminas, como Vitamina C, Vitamina PP, Vitamina B5, Vitamina H, Vitamina B12, Magnésio e Maltodextrina que ajuda a liberar mais energia durante os treinos, além da cafeína (presente na cápsula branca).

 

Sobre o Lipo 6 Black Ultra Concentrado

 

Emagrecimento ainda é uma questão de comer mesmo e exercitar-se, de consumir menos calorias e queimar mais calorias, principalmente, de forma mais eficiente. Se dieta fosse fácil não existiria uma variedade para o mesmo fim: queimar gordura. Lipo 6 foi desenvolvido justamente para isso.

O Lipo 6 Black Black Ultraconcentrado é o único queimador de gordura que se atreve a ir mais longe porque embala o tipo de ingredientes que são tão incrivelmente eficazes na queima de gordura corporal que é assustador.

Ao longo dos últimos anos, houve muitos produtos de perda de gordura que vieram e foram, todos alegando serem extremos.

Agora, com a categoria saturada com as chamadas fórmulas extremas, Nutrex leva a queima de gordura para outro nível. Além do extremo, além da força máxima, muito além de qualquer experiência de queima de gordura que você já teve, nós trazemos o Lipo 6.

O suplemento atua a nível celular para emagrecer e queimar gordura, reprogramando o cérebro para ingerir uma quantidade menor de alimentos. De outra maneira, você pode até perder um pouco de peso, na verdade, provavelmente perderá, mas tudo o que terá feito é tratar o sintoma e não a causa subjacente.

Certamente não pensaríamos em tratar os sintomas sem buscar as causas básicas de outras condições que afetam sua vida cotidiana. A prática de atividades físicas e dieta é uma das maneira mais eficazes de controlar seu lado emocional, seja este do ponto de vista da tristeza ou da raiva.

É pela atividade física que conseguimos, aos poucos, controlar o emocional aliando isso ao uso do suplemento emagrecedor Lipo 6 Black Ultra Concentrado e uma dieta alimentar equilibrada para a perda de peso definitiva.

 

Quais os seus efeitos no corpo do Lipo 6 Black Ultra Concentrado?

 

Veja os motivos pelos quais ele é bom:

  • Lipo 6 black ultra concentrado faz você queimar gordura com segurança;
  • Não possui DMAA;
  • Fornece energia e disposição nas atividades físicas;
  • Melhora os rendimentos nos treinos;
  • Ataca a gordura localizada;
  • Não produz efeito sanfona;
  • Apenas 2 (duas) cápsulas por dia.

 

O que há em sua fórmula?

 

São vários ingredientes, que ajudam na alta perfomance do emagrecimento

  • Advantra Z Citrus Aurantium (50% Sinefrina):  Seu foco principal no organismo é aumentar a termogênese e consequentemente a queima de gorduras e emagrecimento. Também possui ação energética e digestiva;
  • Yohimbine: Esse componente age direto nas células de gordura prevenindo que não tenha pausa na perda de tecido adiposo;
  • Rauwolscine: Ele desativa o ganho de gordura pelas células, o que evita assim novo acúmulo de gordura;
  • Caffeine Anhydruous (Cafeína): Ajuda a promover maior concentração durante os treinos, além de estimular o sistema nervoso centra e promover a queima de gordura. A cafeína também aumenta a resistência em exercícios aeróbicos, além de eliminar a retenção de líquidos;
  • Theobromina Anhydruous: Substância de efeito diurético e ação energética, além de promover a dilatação dos vasos sanguíneos. Como a cafeína, esse componente também tem efeito estimulante.

Nenhuma das versões do Lipo 6 possui efedrina em sua composição, substância essa proibida no Brasil pela Anvisa.

 

Existe o melhor horário para tomar lipo 6?

 

Não é recomendado consumi-las antes de dormir, já que estas possuem cafeína e prejudicarão o sono. O Lipo 6 emagrece mais eficazmente se utilizado em ciclos, e a duração indicada é de 8 semanas, ou menos, seguido por um ciclo de 1 semana sem o produto.

Os horários mais indicados para tomar Lipo 6 é a parte da manhã ou em 30 minutos antes do treino, para aproveitar ao máximo a energia na atividade física. Deve-se evitar tomar Lipo 6 a noite, pois sua ação estimulante pode causar insônia.

 

Conclusão

 

Não fica nenhuma dúvida que o Sineflex Hardcore é o melhor. O primeiro quesito é o preço. Segundo, é a fórmula, pois o Sinflex contém a função bloqueador de gordura e termogênico, ou seja, muito mais potente porque possui cerca de 4 vezes mais cafeína.

0

Tudo sobre Sineflex Hardcore

Saiba quais são as diferenças do Sineflex comum e o Sineflex Hardcore, para que serve, composição, benefícios e como tomar.

 

Depois do grande sucesso do primeiro Sineflex da Power Supplements, agora está disponível no mercado a versão Hardcore desse termogênico.

O Sineflex Hardcore é um excelente termogênico para perder peso e ganhar mais disposição durante seus treinos. São 2 tipos de cápsulas em um único frasco (somando 12 ingredientes), que são utilizadas em conjunto, gerando um efeito emagrecedor de resultados visíveis já no primeiro frasco.

 

Qual é a diferença entre o Sineflex comum e o Sineflex Hardcore?

 

Uma das diferenças, é que o Sineflex Hardcore possui sinefrina, extraída da casca da laranja. É uma substância natural e age no sistema nervoso, diminuindo a sensação de fome e aumentando a de saciedade.

Fora isso, ambos os suplementos devem ser consumidos de maneira igual, sem alterar a dose recomendada diariamente. O uso deve seguir continuamente por um mês, e se você se esquecer de tomar uma dose, não dobre na dose seguinte, pois isso não fará com que o efeito aumente.

 

Para que serve o Sineflex Hardcore?

 

O Sineflex Hardcore serve tanto para eliminar o excesso de gordura do corpo quanto para dar mais energia durante os treinos de musculação e aeróbicos.

As cápsulas beges são também chamadas de Pure Blocker, que servem para absorver toda a gordura ingerida através da alimentação antes que elas sejam metabolizadas pelo corpo. Já as cápsulas brancas são conhecidas como Dynamic Focus, que funcionam de maneira ainda mais acelerada. Elas possuem duas vezes a concentração das cápsulas beges e servem para queimar a gordura de maneira mais eficiente.

 

Composição do Sineflex Hardcore

 

O Sineflex Hardcore é composto por carboidratos, fibras e possui teor zero de sódio, o que ajuda o organismo a não reter líquidos e inchar.

O suplemento também possui vários tipos de vitaminas, como Vitamina C, Vitamina PP, Vitamina B5, Vitamina H, Vitamina B12, Magnésio, Cafeína e Maltodextrina, que ajuda a liberar mais energia durante os treinos.

Com exceção da Vitamina B12 e do Magnésio, todas elas correspondem a 50% das necessidades diárias. Por isso, o Sineflex Hardcore é bom tanto para quem quer perder peso para quem quer manter a alimentação equilibrada.

 

Benefícios do Sineflex Hardcore

 

  • Possui ingredientes naturais, e por causa disso não faz mal à saúde;
  • Possui uma boa quantidade de fibras e várias vitaminas;
  • Ajuda a regular as mais variadas funções do metabolismo;
  • Ajuda a fazer o bloqueio da gordura ingerida;
  • Ajuda a metabolizar a gordura rapidamente;
  • Não demora para apresentar os efeitos do emagrecimento;
  • Controla os níveis de colesterol ruim;
  • Aumenta o colesterol bom;
  • Possui ação termogênica por causa da cafeína.

É importante lembrar que, para atingir os efeitos reais é preciso tomar o suplemento corretamente, manter uma dieta adequada e praticar exercícios físicos diariamente. Desta forma, em poucas semanas os resultados serão visíveis.

 

Como tomar o Sineflex Hardcore

 

Como ele possui cápsulas diferentes, cada uma deve ser consumida de uma maneira. Há 30 cápsulas brancas e 120 cápsulas beges.

  • As cápsulas beges devem ser consumidas de 4 em 4 por dia, sendo que duas devem ser consumidas meia hora antes do almoço e as outras duas meia hora antes da hora do jantar.
  • As cápsulas brancas devem ser consumidas apenas uma vez por dia, e essa quantidade não deve ser excedida. Ela também é consumida meia hora antes do almoço.

Caso você não queira tomar as 3 cápsulas antes do almoço, poderá deixar para tomar as duas cápsulas de Pure Blocker antes do almoço e a cápsula de Dynamic Focus antes do treino.

 

Bons treinos!

0

Sineflex funciona?

Tudo o que você precisa saber sobre o Sineflex, um dos maiores queimadores de gordura do mercado. Todas as características e informações do termogênico, seus benefícios, para que serve e a forma correta de como tomar.

 

O Sineflex é um suplemento termogênico que tem como objetivo auxiliar na queima de gordura corporal através do aumento da velocidade do metabolismo. Este aumento na velocidade faz com que o corpo queime calorias de forma mais eficiente, mesmo quando você está descansando (e não treinando).

 

Leia também: Como os termogênicos funcionam

 

Este efeito termogênico ocorre por conta de dois compostos conhecidos por seus poderes metabólicos, a cafeína e a sinefrina. Apesar de comum, a cafeína é um estimulante poderoso que pode melhorar a performance no exercício e potencializar a queima de gordura. Já a sinefrina é a irmã caçula da efedrina, possui os mesmos
mecanismos na queima de gordura só que com um efeito mais fraco (e sem efeitos colaterais).

 

Leia também: Termogênicos para emagrecer

 

Este produto, associado a uma alimentação saudável e moderada, e a atividades físicas diárias, potencializa consideravelmente os ganhos musculares e a perda de gordura, tornando os objetivos mais tangíveis.

 

Benefícios do termogênico Sineflex

 

Um ponto excepcional é como o sineflex trabalha diretamente na sua atividade gastrointestinal, isso quer dizer que você vai queimar gordura naturalmente garantindo uma perda de peso saudável e de forma rápida. Com a necessidade de processos mais rápidos, mais energia é demandada, e esta é advinda das nossas reservas, ou seja, das gordurinhas, e, também, dos alimentos, que são queimados a ponto de não se tornarem tecido adiposo.

Para ter um metabolismo acelerado, a genética ajuda, mas, também, a alimentação e os exercícios físicos. Alguns alimentos, termogênicos, são conhecidos por “aquecer” o corpo, o qual desencadeia um aumento significativo do metabolismo.

 

Abaixo os principais destaques do suplementos:

 

  • Sua cápsula Pure Blocker consumida antes das refeições, ajuda a bloquear a gordura presente nos alimentos;
  • Acelera o metabolismo derretendo a gordura muito mais rápido;
  • Seus ingredientes são naturais e possuem uma ação poderosa sem prejudicar o organismo;
  • Excelente quantidade de fibras;
  • Enriquecido com vitaminas;
  • Resultados visíveis logo nas primeiras semanas;
  • Ajuda a controlar o colesterol;
  • Efeito de termogênico importado com preço de Nacional;
  • Rico em fibras e vitaminas;
  • Traz resultados a curto prazo;
  • Totalmente saudável.

 

Os principais componentes do Sineflex

 

  • Cafeína;
  • Sinefrina;
  • Quitosana;
  • Biotina;
  • Niacina;
  • Cromo;
  • Magnésio;
  • Ácido Pantotênico;
  • Picolinato de cromo;
  • Nicotinamida;
  • Vitamina C;
  • Cianocobalamina;
  • Fibra de laranja.

 

Como tomar Sineflex?

 

Bom, ao abrir o frasco do sineflex você vai encontrar dois tipos de capsulas com cores diferentes. Contém Pure Blocker (com 120 cápsulas, responsável por queimar e bloquear a gordura de se instalar no corpo) e o Dynamic Focus (com 30 cápsulas, que acelera o metabolismo através da termogênese de seus componentes).

 

A dosagem será da seguinte forma:

 

  1. Consuma o Pure Blocker (cápsula incolor) antes das refeições, duas vezes por dia. Tome 2 (duas) cápsulas meia hora antes do almoço e, da mesma forma, 2 (duas) cápsulas meia hora antes do jantar. Consuma com bastante líquido.
  2. Já o Dynamic Focus (cápsula bordo) deve ser tomado 1 (uma) vez ao dia, também meia hora antes da refeição. Escolha entre as duas principais refeições do dia para tomar o produto, podendo ser consumido junto ao Pure Blocker e, também, com muito líquido. Também pode ser tomada essa cápsula meia antes do treino, caso não queira tomar antes de alguma refeição.

Essa forma de consumo é sugerido pelo próprio fabricante na embalagem do produto, como podem verificar na bula do suplemento.

 

Leia também: Como tomar Sinflex Hardcore?

 

O sineflex se mostrou um sucesso e está sendo comercializado no mundo todo. Seus resultados são rápidos e impressionantes. Claro que é preciso sempre praticar exercícios e ter uma alimentação balanceada. Não espere milagres, mexa-se e mude sua vida para melhor, sinta-se bem.

Bons treinos!

0

O jeito certo de malhar pernas

Pernas bem torneadas e resistentes saibam qual é a forma correta de realizar os exercícios com segurança para não prejudicar a sua saúde.

 

Ao entrar em uma academia, não é muito difícil encontrar pessoas fazendo exercícios que trabalham o abdômen, o peitoral e os braços, o que resulta em uma musculatura superior bastante avantajada e que certamente chama a atenção.

O problema é quando esses mesmos esquecem de malhar as pernas.

Como os músculos inferiores não acompanham a evolução dos músculos da parte de cima, o corpo ganha um aspecto extremamente desproporcional, e vamos admitir, isso é para lá de estranho.

Pensando nisso, veja abaixo algumas dicas para você malhar de forma correta as pernas.

 

Exercícios para pernas

 

Faças todos os movimentos de forma correta e completa: muitas pessoas enchem o legpress de peso e não conclui o movimento até o final, isso não gera qualidade no trabalho e o resultado que você tanto espera não vai chegar.

 

Exercícios de agachamento: incline bem o seu corpo para frente os quadris para trás, assim você não trabalha as pernas e somente as costas, cintura e o glúteo, a forma correta do agachamento é deixando as pernas mais apertas na proporção do quadril e mexa o quadril antes de mexer a perna.

 

Agachamento: livre completo ou com equipamentos. Realize o movimento de forma correta e bem amplo, com séries de 6×15.

 

Leg Press: pés afastados na largura do quadrilse possível. Séries de 4×20.

 

Glúteo cabo pernas estendidas: o movimento deve ser executado com a coluna reta e contraindo o abdome, eleve a perna na mesma altura do quadril, e depois desça devagar, séries de 3×10.

 

Panturrilha: Ficar sobre a ponta dos pés e voltar à posição inicial repetidas vezes,séries de 3×10.

 

Lembre-se que sempre antes de realizar as atividades físicas é necessário consultas seu médico. Na academia, faça todos os movimentos de forma correta, em caso de dúvidas, sempre chame o seu instrutor para lhe ajudar. Para aqueles que fazem exercícios em casa, muita atenção em cada movimento, realizar os exercícios de forma errada ocasionam em dores na região trabalhada.

Não use muito peso no início, fique atento ao limite do seu corpo e não faça as repetições em excesso para obter um rápido resultado, pois isso pode acarretar em sérias complicações, como contusões e distensão muscular. Tenha paciência durante os exercícios!

 

Leia também: 3 cuidados nos treinos para evitar dores nos joelhos

 

Inevitavelmente, quando esses praticantes aparecem na rua ou na própria academia vestindo short ou bermuda, acabam causando gargalhadas nos colegas, se tornam motivo de piada e até viram memes na internet. Então Já deu para entender a dica, não é mesmo? Se você não quer ser alvo de chacota como esses caras, não se esqueça de malhar as pernas.

 

Até tu, Wolverine? (risos)

0

Exercícios para treino de peito

Saiba como conciliar exercícios físicos certos, boa alimentação e intensidade para você obter bons resultados no seu treino de peito.

 

O peitoral está entre os principais músculos trabalhados na academia, pois poucas partes do corpo são tão importantes para compor um shape realmente insano, ou seja, peitoral forte e trincado.

A região do peitoral não é uma das mais complexas da sua musculatura, mas é uma das mais ativadas durante a musculação. Mesmo que você não esteja trabalhando o peitoral diretamente, um simples exercício de tríceps é capaz de ativar alguns músculos da região do seu peitoral.

 

Exercícios para obter bons resultados no treino de peito

 

Supino

 

O supino é o exercício mais eficiente para a ativação dos músculos peitorais e tem que ser a ferramenta principal de qualquer treino de peito decente. Não é por acaso que o supino é (ou era) o núcleo do treino de peito de caras como Arnold Schwarzenegger ou Ronnie Coleman – para falar de bodybuilders. O fato é que o supino não pode ficar de fora do seu treino em hipótese alguma.

 

Supino com pegada reversa

 

Análises eletromiográficas mostram que o supino com a pegada reversa ativa mais a parte superior do peitoral do que o supino inclinado. Isso não significa que o supino inclinado seja uma má opção – muito pelo contrário, é um ótimo exercício, principalmente se executado com halteres. Mas o supino com pegada reversa é ainda melhor e, como são parecidos, não há muito sentido em fazer os dois – menos ainda em escolher o menos eficiente.

 

Crucifixo no banco com halteres

 

Esse exercício é famoso por recrutar muitas fibras muscular do peitoral, inclusive mais do que muitas variações do supino. Além disso, ele ainda ajuda na conexão sistema nervoso-músculos em atletas iniciantes, permitindo que eles tenham resultados mais efetivos também em outros exercícios de peito. Para fazer valer, é preciso boa técnica e a maior amplitude de movimento possível. Fazer este exercício até a falha muscular também um bom caminho.

 

Mergulho

 

O mergulho é famoso por ser um dos exercícios mais eficientes para o tríceps, mas muita gente esquece do seu poder no trabalho de peitoral. Isso porque é possível mudar o músculo em foco neste exercício com um ajuste simples. Inclinando o tronco para a frente, em cerca de 45 graus, a ênfase sai um pouco do tríceps e recai no peitoral. Simples assim, o mergulho se torna um dos melhores exercícios que existem para essa área do corpo.

 

Flexão de braço

 

A flexão é outro exercício de peso corporal que apavora os músculos peitorais e precisa estar no treino de peito. O ideal é fazer um volume alto de séries e repetições, com pouco descanso. Também é fundamental realizar o exercício com as mãos próximas uma da outra, aumentando a ênfase no peito. Outra opção é utilizar pesos no corpo, o que vai fazer seus músculos trabalharem mais e a manter o range de repetições mais baixo, o que pode ser útil para a hipertrofia.

 

Contração isométrica

 

As palavras são do mito – ele mesmo, Arnold Schwarzenegger: “eu tensiono e contraio o peitoral tão forte quanto eu puder, de todos os lados possíveis, para conseguir altura, espessura e tamanho. Isso não só aumenta o meu controle sobre esses músculos, como traz as veias e estrias musculares, o que melhora a definição.”

Aqui, o exercício não envolve equipamentos, máquinas ou movimentos. Você deve contrair os músculos do peitoral o mais forte que puder e segurá-los nessa posição por pelo menos 10 segundos – e fazer isso pelo menos 10 vezes de cada lado. A ciência concorda: estudos confirmam a eficiência desse tipo de atividade, sem carga, para a hipertrofia.

 

4 erros no treino de peito

 

Nem todo mundo consegue chegar lá e muitas vezes a culpa é dos exercícios. Erros comuns durante o treino de peito podem reduzir o seu rendimento e o ganho de massa muscular que o exercício normalmente proporcionaria. Assim como trazer algumas consequências indesejadas tanto estética como fisicamente. Por isso, veja abaixo 4 erros comuns no treino de peito, e se você identificar algum deles no seu treino, pare agora mesmo.

 

1. O excesso de exercícios

 

O treinamento de peitoral requer concomitantemente a execução de outros exercícios para o desenvolvimento do tronco, dos deltoides e dos braços. O problema surge quando outros exercícios já exercem influência sobre a musculatura peitoral. Por isso, a sobrecarga de exercício é o primeiro dos quatro grandes erros no treino de peito. Em alguns casos a ênfase durante o treino acaba sendo dada aos músculos auxiliares e não à musculatura do peitoral.

A boa hipertrofia está relacionada a uma carga que seu corpo seja capaz de suportar. Aliado a isso temos a frequência do treino. Qualquer coisa além do necessário vai apenas lhe presentear com uma possível lesão muscular.

 

2. Escolher os exercícios errados

 

Muitas vezes a escolha errada não está no exercício praticado, mas sim, na comodidade de se repetir sempre os mesmos exercícios e exercitar a mesma área da musculatura, afinal, nossa musculatura é inteligente e dinâmica.

Por isso, não tente utilizar técnicas de treino avançadas sem primeiro ter dominado o básico, a chance de erro na execução ou escolha do exercício é bem maior. No momento de escolher o exercício atente-se e não se prenda aos mesmos exercícios.

Por exemplo, além do supino reto, podem ser utilizadas sequências de supinos para o peitoral inferior, crucifixos que irão estimular a região média do peitoral, e os supinos para a parte superior. Dê preferência a exercícios mais complexos, eles são capazes de trabalhar melhor a musculatura que os exercícios simples, porque utilizam uma quantidade muito maior de músculos.

 

3. Execução errada do exercício

 

Escolher uma carga que se adeque a sua musculatura em desenvolvimento, mas que não a sobrecarregue evita lesões nos membros superiores e inferiores do corpo. Para que os exercícios do peitoral sejam melhor trabalhados o posicionamento é essencial. Assim você diminui o recrutamento dos músculos deltoide e tríceps quando deveria fazer a correta expansão do peitoral.

A irregularidade na execução dos exercícios pode levar ao desenvolvimento da musculatura de maneira desigual. A amplitude dos seus movimentos durante o exercício garante uma perfeita execução, desenvolvimento da musculatura e eficiente ganho de massa muscular.

A execução completa de um exercício, ou de uma série de exercícios, será muito mais proveitoso que uma sobrecarga de peso com a qual você não será capaz de executar o exercício adequadamente.

 

4. Dividindo o tempo

 

Não dedique sua semana inteira aos exercícios de peitoral, distribua seu tempo e seus exercícios equitativamente durante a semana para adquirir um bom desenvolvimento de massa corporal como um todo. O ideal seria trabalhar sua musculatura peitoral durante 2 ou 3 vezes por semana no máximo.

No seu treino diário, você pode dividir o seu tempo realizando os seguintes exercícios:

  • Supino reto: comece com ele e trabalhe a região peitoral;
  • Supino declinado: foco na região peitoral inferior;
  • Supino inclinado: foco na região peitoral superior.

 

As consequências dos erros no treino de peito

 

O excesso exercício pode gerar alargamento exagerado do seu peitoral, dando a impressão de que você está literalmente inflado. Enquanto por outro lado, a repetição de um mesmo exercício pode retardar o desenvolvimento da musculatura. Permita que sua musculatura trabalhe de maneira livre, execute os seus movimentos de maneira adequada e no tempo certo. O desenvolvimento muscular requer tempo e adaptação. A insistência vai simplesmente sabotar seus exercícios.

0

O poder da Caseína

A caseína é a principal proteína do leite, representando aproximadamente 80% da proteína total. Assim como o soro do leite, a caseína tem um alto valor biológico, o que significa que tem todos os aminoácidos essenciais necessários para os processos que necessitam de proteína.

A função da caseína do leite é a de manter unidas as moléculas de água e de gordura agindo como uma agente emulsificante. Além disso, é uma das proteínas mais nutritivas e a suplementação de caseína pode oferecer diz respeito a absorção.

 

Para que serve a Caseína?

 

1) A Caseína é uma proteína de digestão lenta

 

A caseína quando coagula no estômago, forma grandes glóbulos de proteína. Isto diminui a taxa de esvaziamento gástrico, o que leva os aminoácidos de caseína a entrar na corrente sanguínea a um ritmo lento e sustentado.

 

2) Caseína para aumentar músculo, força e recuperação

 

Apenas um scoop de caseína micelar contém 24 g de proteína. Tem sido demonstrado em vários estudos científicos que a proteína aumenta a síntese de proteínas e o desenvolvimento de massa muscular magra. Durante um treino, para haver progresso, as fibras musculares têm de ser rasgadas e reparadas.

Através do fornecimento de um extenso perfil de aminoácidos de cadeia ramificada (leucina, isoleucina e valina), a caseína permite a reparação e recuperação de fibras musculares que podem não só diminuir a dor muscular, mas também ajudar-te a alcançar os teus objetivos num ritmo mais rápido.

Ao ajudar a encurtar o tempo de recuperação, a caseína ajuda-te a dar o máximo no ginásio. Tanto a caseína como a whey desempenham papéis importantes no desenvolvimento muscular, mas devido às suas diferentes propriedades, ambos devem fazer parte do teu regime de suplementação desportiva.

 

3) Caseína para perda de peso

 

É recomendado ingerir entre 1 e 2g de proteína por cada kg de peso corporal para aqueles que praticam uma intensa atividade física e musculação. Ao consumir caseína podes obter uma boa fonte de proteína sem excesso de gordura e hidratos de carbono. Alguns estudos mostram que o aumento da proteína pode promover a perda de peso e diminuir a gordura corporal.

 

4) Caseína para ossos e dentes

 

Acredite ou não, consumir a proteína caseína pode também beneficiar a tua saúde dental! Estudos demonstram que o consumo de caseína pode ajudar a melhorar o esmalte dos dentes, ajudando a reduzir a erosão dentária.

 

Tomar Caseína antes de dormir

 

 

Quando passamos muitas horas sem nos alimentar entramos num processo de catabolismo. Isso quer dizer que, na falta de carboidratos e gorduras livres para serem consumidos em forma de energia, o corpo buscará a sua fonte nas proteínas. Elas começarão a ser degradadas, reduzidas a tamanhos menores para serem utilizadas como fonte de energia pelo organismo.

O horário do dia em que passamos mais tempo é comer é durante o sono. É por isso que é indicado ingerir a caseína antes de dormir. Ela manterá os níveis de proteínas elevados para que o corpo não entre no processo catabolizador.

Estudos científicos mostram que a caseína pode levar até 7 horas para ser digerida, que é mais ou menos o tempo que um pessoa comum dorme todas as noites. A caseína estende a libertação de aminoácidos para a corrente sanguínea, melhorando a retenção de azoto (necessário para a síntese de proteínas).

No entanto, lembra-te que qualquer período de sono é o tempo em que o teu corpo não está a receber nenhum nutriente novo. Se ficar sem aminoácidos na tua corrente sanguínea, o teu corpo pode começar a consumir proteínas musculares para se alimentar.

Tomar caseína antes de dormir é uma excelente forma de evitar a degradação de proteínas e oxidação de aminoácidos.

De acordo com um estudo publicado na Medicine & Science in Sports & Exercise, as pessoas que tomam 40 gramas de caseína 30 minutos antes de dormir são capazes de estimular e levar a síntese de proteínas (o processo responsável pela construção muscular) para um grau mais elevado (3).

 

Como tomar a Caseína

 

A dosagem média mais utilizada é a de 35 g para os homens e 25 g para as mulheres. Porém, a melhor opção mesmo é consultar um nutricionista para que ele possa lhe orientar sobre essas quantidades de maneira exata e proporcional as suas necessidades.

A maior parte dos fabricantes, informam também na embalagem da caseína, a dose recomenda do produto.

0

A importância da vitamina D no seu organismo

Conheça seus benefícios, que vão muito além de ajudar na saúde dos ossos.

 

A vitamina D é muito importante para o nosso corpo humano, porque ajuda na absorção e fixação do cálcio. Além de suas funções mais conhecidas relacionadas à saúde dos ossos, é responsável também por outras atividades, trabalhando como reguladora do crescimento, sistema imunológico, cardiovascular, músculos, metabolismo, insulina e na prevenção de doenças.

A substância, na verdade, é um hormônio produzido pelo próprio corpo humano, quando esse processo não é suficiente sua reposição deve ser realizada através da alimentação.

Uma das dicas para descobrir se há falta dela no seu corpo é observar a pele. O sol é responsável por sintetizar a vitamina D no organismo. Então, se sua pele está mais escura é sinal de deficiência, pois o pigmento protege a pele e impede a absorção.

 

O que acontece se houver deficiência de vitamina D?

 

A deficiência de vitamina D está relacionada a várias doenças, entre elas, doenças autoimunes, doença inflamatória intestinal, infecções bacterianas e virais, doenças cardiovasculares, câncer e doenças neurodegenerativas. Idosos, crianças, gestantes e mulheres amamentando, negros e obesos têm maior chance de desenvolver deficiência de vitamina D.

 

Conheça abaixo mais sobre essa potente e importante vitamina e como garantir seus níveis corretos no organismo.

 

A principal forma de ativar a vitamina D no organismo é através da exposição solar. Pode ser encontrada ainda em alguns poucos alimentos, como peixes gordurosos, óleo de fígado de bacalhau e cogumelos secos. Leite, ovos e fígado bovino também têm a vitamina, mas em menor quantidade.

Veja abaixo alguns outros pontos importantes sobre essa vitamina:

 

  • Músculos fracos

A fraqueza muscular pode ser ocasionada pela falta de vitamina D, uma vez que os músculos esqueléticos só funcionam adequadamente com níveis ideais no corpo.]

 

  • Depressão

Durante a adolescência, a deficiência de vitamina D pode gerar distúrbios psiquiátricos como a depressão.

 

  • Doenças respiratórias

Infecções respiratórias com certa frequência pode indicar falta de vitamina D no organismo. Segundo estudos realizados no Japão, crises de asma foram reduzidas em crianças que tomaram suplemento de vitamina D.

 

  • Enfraquecimento dos ossos

A falta de vitamina D impede o organismo de absorver a quantidade de cálcio adequada, levando ao enfraquecimento dos ossos e ao aumento do risco de desenvolver fraturas Isso acontece quando a quantidade de cálcio e fósforo em nosso organismo está irregular, fazendo com que a absorção de sais minerais no intestino aumentem.

 

  • Doenças cardiovasculares

Um estudos realizado pela Universidade de Harvard comprovou que baixos níveis de vitamina D no sangue podem dobrar o risco de doenças cardiovasculares.

 

  • Benefícios para coração e músculos

O cálcio e o fosforo, substâncias reguladas pela vitamina D, têm um papel importante na contração muscular, valendo isso para todos os tipos de músculos, inclusive o coração. Quando há a deficiência da vitamina no organismo, é maior o risco de quedas e fraturas, devido à fraqueza muscular. No coração, tem influência no controle das contrações do músculo cardíaco, importante no bombeamento de sangue para o corpo.

 

  • Sistema imunológico

As células que fazem parte do sistema imunológico, como os linfócitos, têm receptores para a vitamina D, que atua no fortalecimento do sistema de defesa, auxiliando na prevenção de doenças.

 

Estar com um bom índice de vitamina D pode ajudar no processo de emagrecimento?

 

Com certeza. A vitamina D faz a manutenção da produção de insulina no pâncreas. Portanto, baixos níveis séricos dessa vitamina diminuem a produção de insulina e elevam os níveis de glicose no sangue. Quanto maior o nível de glicose maiores as chances de desenvolver resistência à insulina e, futuramente, diabetes.

 

Leia também: 3 dicas de como emagrecer de forma saudável

 

Atenção!

 

A ausência de vitamina D enfraquece os ossos, aumenta a vulnerabilidade e possibilidade de contrair infecções, provoca transtornos de humor e quatro vezes mais riscos de desenvolver diabete tipo 1.

0

13 Curiosidades sobre o Ômega 3

O Ômega 3 é uma gordura polinsaturada essencial para o crescimento normal, saúde cardiovascular e desenvolvimento cerebral, e está presente em alimentos como atum, cavala, salmão e nozes, um conjunto de ácidos graxos.

Conheça agora 13 Curiosidades sobre o Ômega 3

 

1 – O segredo dos Esquimós

Apesar do alto consumo de gordura pelos esquimós, os seus níveis de colesterol são mais baixos que a maioria dos povos ocidentais. Isto aconteceu devido ao alto consumo de Ômega 3 proveniente dos peixes de água fria.

 

2 – Salmão é o melhor

O Ômega 3 de maior qualidade é encontrado no salmão, porém deve ser o salmão selvagem, que vive em mares frios. O salmão criado em cativeiro que é alimentado com ração produz quantidades muito pequenas de Ômega 3.

 

3 – Obrigatório por lei

Na Alemanha existe uma lei, que quando uma mulher se casa, no dia seguinte ela deve começar a suplementar Ômega 3. O objetivo da lei é que a mulher forme reservas em seu corpo, que durante a gestação ajudarão o feto na formação cerebral e estimulam que a criança seja mais inteligente, assim como prevenir depressão pós parto na mãe.

 

4 – Por falar em depressão pós parto

Muitas vezes é ocasionada pela deficiência de Ômega 3. Isso ocorre porque durante a formação cerebral do feto, ele suga praticamente todas as reservas da mãe, se a mulher não consumir quantidades adequadas do nutriente para reverter a deficiência, ela possivelmente sofrerá de depressão pós parto.

 

5- Tratamento psiquiátrico

Com uma ligação muito forte com o cérebro, o Ômega 3 vem sendo cada vez mais utilizado em tratamentos de transtornos mentais como depressão e esquizofrenia, ajudando a tratar também outros sintomas de psicoses. Vem tendo cada vez mais resultados positivos.

 

6 – Efeitos colaterais

Um dos pontos fracos na suplementação do também chamado óleo de peixe, é o gosto de peixe na boca algum tempo depois da ingestão das cápsulas. Este desconforto pode ser evitado ingerindo-o antes das refeições, assim os alimentos consumidos impedirão este desconforto.

 

7 – Peixe frito não!

Uma das maiores fontes de Ômega 3 são os peixes, porém eles devem ser consumidos cozidos ou assados, pois o processo de fritura o faz oxidar e perder todas as suas propriedades. O Ômega 3 de maior qualidade é encontrado no salmão, no entanto deve ser o salmão selvagem, que vive em mares frios. O salmão criado em cativeiro é alimentado com ração, tendo quantidades muito pequenas de ômega 3.

 

8 – Teste do cheiro

Uma forma de saber se o Ômega 3 está fresco ou oxidado é abrindo uma cápsula e cheirando. Caso esteja com um cheiro muito forte de peixe, significa que está oxidado, se houver um cheiro leve ainda não oxidou, se não apresentar nenhum cheiro então está fresco e na melhor maneira para o consumo.

 

9 – Veganos também podem

Nozes, sementes de chia e linhaça também são alimentos ricos em Ômega 3, mas devem ser devidamente preparados. Outra opção são os suplementos veganos, que extraem esse nutriente de vegetais.

 

10- Evite a má qualidade do Ômega 3

Para testar se seu Ômega 3 é puro, basta pegar uma cápsula, deixar no congelador por 5 horas, após isso, retire e tente furar com um palito de dentes. Caso o palito entrar com facilidade, está tudo certo. Se estiver congelado, há alguma outra substância mais barata na mistura.

 

11 – Suplementos de Ômega 3

Por inibirem a agregação plaquetária, os suplementos de Ômega 3 devem ser ingeridos com moderação por pessoas que tomam medicamentos anticoagulantes, como a aspirina. A quantidade ingerida deve estar em equilíbrio com a de Ômega 6, este é um ácido gordo polinsaturado fundamental para a saúde, ão sendo produzido pelo o nosso corpo.

A Organização Mundial da Saúde aponta que a suplementação de Ômega 3 é benéfica para mulheres grávidas, uma vez que esta substância é fundamental para o desenvolvimento do cérebro da criança ainda na fase inicial.

 

12 – Não congela

O Ômega 3 não congela mesmo a baixíssimas temperaturas, da mesma maneira que o sangue dos animais marinhos de águas frias que o contém.

 

13 – Cuidados

Um cuidado importante é quanto a contaminação com metais pesados como mercúrio e a adição de químicos no processo de fabricação.

 

O indicado é consumir em média 3 gramas por dia, ou duas cápsulas de boa qualidade, mas pode variar de acordo com seus objetivos ou indicações médicas.

0

Como usar batata doce em pó

A batata doce é o carboidrato preferido da maior parte dos atletas. Já usada na culinária pelos asiáticos desde a Antiguidade, a batata doce em pó agora vem sendo trabalhada tanto por empresas alimentícias como por desenvolvedores de suplementos.

Ela pode ser utilizada para manter os níveis de energia durante o treino, repondo o glicogênio e os eletrólitos nos músculos. Os carboidratos complexos são libertados em um ritmo lento e, por isso, constituem uma fonte constante de vitalidade durante todo o dia. Estamos falando de um alimento prático e versátil, que pode ser usado tanto na alimentação diária, quanto por quem se exercita. Ele é altamente nutritivo e excelente para ser ingerido pré e pós-treino.

 

Benefícios do uso de batata doce em pó

 

1. É mais fácil de ser encontrada na forma orgânica

Muitas marcas de batata doce em pó vendem a forma orgânica do produto. Uma vantagem sobre a batata doce encontrada nos supermercados que pode estar cheia de pesticidas e agrotóxicos.

 

2. Funciona como um segredo de beleza para a pele e os cabelos

A batata doce em pó é uma fonte muito rica de vitamina C, conhecida por estimular a produção de colágeno no nosso organismo. O colágeno ajuda a manter a elasticidade da pele e faz com que pareça mais jovem. As batatas doces também contêm vitamina E, substância conhecida por seus benefícios para a saúde da pele e a vitalidade dos cabelos. Além disso, a presença de vitamina A ou betacaroteno na batata doce a torna um alimento ideal para dar força aos folículos e estimular o crescimento do cabelo.

Leia também: Principais dúvidas sobre Colágeno

 

3. Trata-se de um alimento de baixo índice glicêmico

A batata doce em pó, assim como in natura, é uma escolha acertada de carboidrato devido ao seu baixo índice glicêmico (IG), ou seja, a sua liberação se dá de forma prolongada, o que é preferível em relação a outras formas de carboidratos que caem rapidamente na corrente sanguínea e podem aumentar imediatamente os níveis de açúcar no sangue. Adicionar batata doce em pó à dieta é uma maneira conveniente de consumir calorias e nutrientes ao mesmo tempo. Ela é completamente estável ao calor e também pode ser usada na preparação de pratos quentes.

 

4. É um alimento sem glúten

Assim como a farinha de tapioca e a de araruta, feitas a partir de tubérculos, a batata doce em pó contém um tipo de amido geralmente bem tolerado por pessoas alérgicas ao glúten. Suas propriedades físicas e composição nutricional podem alterar a textura, o tempo de cozimento e a coloração de alguns alimentos, por isso é preciso ir adaptando as receitas aos poucos. A farinha de batata doce, que tem cor amarela ou alaranjada, transmite sua tonalidade para pães, bolos, sopas e vitaminas. Ela tem um sabor que complementa receitas contendo chocolate, melaço, e especiarias como cravo, canela e gengibre. O uso demasiado da batata doce em pó pode produzir um resultado pegajoso em massas de bolo e afins.

 

Outros benefícios:

  • Pode desempenhar um papel protetor contra o câncer de próstata;
  • Ajuda a prevenir a constipação;
  • Promove a regularidade para um sistema digestivo saudável;
  • Ajuda a aliviar o estresse;
  • Pode proteger os olhos de catarata.

 

Farinha de batata doce para ganhar massa muscular

 

A farinha de batata doce, também chamada de batata doce em pó, pode ser usada como uma fonte de carboidrato de baixo a médio índice glicêmico, o que significa que sua absorção pelo intestino é feita de forma gradual, mantendo a energia do organismo por mais tempo, sem causar aumento na produção de gordura, ou picos de glicemia.

Assim como a batata doce, a farinha enriquece a alimentação facilitando e estimulando o ganho de massa muscular. A farinha de bata doce pode ser adicionada em receitas como panquecas, vitaminas, pães e bolos.

 

Vantagens do uso de batata doce em pó

 

  • Maior praticidade, pois usar a farinha ao invés da batata economiza tempo de preparo na cozinha.
  • Maior possibilidade de uso em receitas variadas, como vitaminas, caldos e panquecas.
  • Maior concentração calórica na farinha, facilitando o aumento de calorias na dieta para quem deseja ganhar peso e massa muscular.
  • Facilidade para transportar e usar no trabalho ou como pré-treino na academia.
  • Melhora o trânsito intestinal.
  • Melhora a saúde da pele, cabelos e olhos, por ser rica em betacaroteno, um potente antioxidante.
  • A farinha de batata doce pode ser feita em casa ou comprada pronta em lojas de produtos de nutrição e suplementos alimentares. Veja também os benefícios da batata doce.

 

Receitas com batata doce em pó

 

A adição da batata doce em pó como substituta da farinha tradicional em receitas, ou ainda adicionada à farinha de trigo, proporciona mais umidade e nutrientes às receitas. Ela pode ser usada para empanar bifes e petiscos, na massa de bolos, panquecas e pães em geral, para engrossar sopas, e ainda misturada a sucos e vitaminas para repor as energias após o treino.

Uma grande vantagem de transformar a batata doce em pó é a conveniência. Ele ocupa pouco espaço, pode ser usado para infinitos propósitos e ainda pode ser reconstituído de forma que você pode ter purê de batata doce instantâneo e na quantidade exata desejada.

 

Panqueca com batata doce em pó

 

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de farinha de batata doce
  • 1 ovo
  • 2 colheres de sopa de leite

 

Modo de preparo

Misturar todos os ingredientes com um garfo ou fouet. Pré-aquecer a frigideira com um pouco de azeite ou óleo e despejar a massa, virando com cuidado para assar dos dois lados. Rechear como desejar.

 

Vitamina com batata doce em pó

 

Ingredientes

  • 250 ml de leite
  • 1 banana
  • 1 Scoop de Whey Protein
  • 1 colher de sopa de farinha de batata doce
  • 1 colher de sopa de pasta de amendoim

 

Modo de preparo

Bater todos os ingredientes no liquidificador e beber.

0

Receitas simples com Whey Protein

O Whey Protein nada mais é do que a proteína extraída do soro do leite, de alta qualidade, alto valor biológico e fonte de aminoácidos essenciais. O suplemento é indicado, de forma geral, para estruturação de músculos e no reparo de pequenos traumas e lesões das fibras (ocasionados pelo esforço feito durante o exercício), sendo assim, muito importante para quem busca aumento de massa muscular, definição corporal e melhor recuperação pós-treino.

O Whey só deve ser consumido, porém, quando houver indicação de um nutricionista, que levará em conta as particularidades de cada caso e indicará o tipo de Whey, a forma e as quantidades adequadas de consumo.

Leia também: Tipos de Whey Protein

Mas, se o suplemento já faz parte da sua rotina, nada melhor do que se inspirar com duas receitas bem fáceis para você fazer na sua casa e consumir de forma diferente o suplemento.

 

Bolo de batata doce com Whey Protein

 

Que tal unir as duas coisas que todo maromba mais gosta na dieta em uma única receita? Batata doce e Whey Protein! Esse bolo vai fazer a alegria de qualquer monstro que quer diversificar o cardápio sem perder a qualidade. E não adianta reclamar da preguiça de cozinhar porque essa é uma receita bem simples!

 

Ingredientes

  • 300 g de batata doce cozida e amassada
  • 2 ovos
  • ½ copo de extrato de arroz (leite de arroz)
  • 1 scoop de Whey Protein sabor baunilha
  • 2 colheres de sopa de farinha de arroz
  • 1 colher de chá de goma xantana
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • 1 colher de chá de essência ou extrato de baunilha

 

Modo de preparo

  1. Antes de começar a preparar a massa, já deixe o forno pré-aquecendo a 180°C. Pegue uma tigela para colocar as batatas doces que você já cozinhou e comece a amassar todas elas (com as mãos mesmo).
  2. Adicione, depois, os ovos e o extrato de arroz, mexendo sempre para manter a mistura homogênea.
  3. Quando a massa estiver homogênea, adicione os ingredientes secos, também incorporando bem — use seu talento de ogro para fazer essa mistura ficar pronta rapidamente.
  4. Quando a massa estiver pronta, prepare as rodelas de pequenos bolos ou, simplesmente, coloque o conteúdo em uma forma de bolo.
  5. retangular e leve ao forno para assar por até 30 minutos.
  6. Depois de dourado é só servir com um pouco de geleia de frutas para acompanhar.

 

Vitamina de açaí com Whey Protein

 

Qual marombeiro de plantão não é um verdadeiro apaixonado por açaí? Nessa receita, você vai adicionar ao sabor inconfundível dessa fruta dos monstros o Whey Protein, reforçando sua concentração de proteína.

 

Ingredientes

  • 200 g de poupa de açaí
  • 1 colher de sopa de Whey Protein sabor baunilha
  • 1 banana

 

Modo de preparo

Pegue a polpa, o Whey Protein, a banana e bata tudo no liquidificador até conseguir uma mistura bem homogênea. Se quiser, pode bater com alguns cubos de gelo para ficar mais refrescante. Depois, é só consumir.