0

Frutas Que São Aliadas No Emagrecimento

Para se ter um bom resultado no emagrecimento, as pessoas que aderem dietas devem incluir as frutas diariamente, além de serem saborosas, são grande aliadas na perda de peso. Porém sozinhas não fazem milagres você deve fazer uma alimentação saudável, e exercícios pelo menos 3x na semana.

Frutas aliadas ao Emagrecimento

  • Morango: O morango ajuda a emagrecer pois contém calorias negativas e além disso, é rica em ferro e em vitamina C, sendo um bom anti-inflamatório natural. A cada 100 g: 45 Kcal.
  • Banana: Rica em triptofano, tira o desejo de comer doces, sacia a fome. O numero de calorias depende do tipo e do tamanho da banana. A banana, quando consumida antes de malhar, diminui ainda o risco de cãibras, por ser rica em potássio. Ela também é ótima para o café da manhã, pois diminui a fome ao longo do dia. A banana assada no forno ou no micro-ondas com alguns cravos da índia constitui uma ótima sobremesa. Calorias em 1 unidade: 87 a 120 Kcal.
  • Maça:A maçã ajuda a emagrecer pois é rica em antioxidantes, regula os níveis de colesterol e de triglicerídeos e ajuda na digestão. A maçã assada com canela ou cravo da índia contém poucas calorias, é deliciosa e é uma sobremesa muito nutritiva. Calorias em 170 g: 81 Kcal.
  • Pêra: A pera ajuda a emagrecer porque é rica em fibras, que ajudam a melhorar o trânsito intestinal e tirar a fome. Ela ainda ajuda a regular os níveis de colesterol no sangue. Peras assadas com canela também são uma ótima sobremesa que, além de deliciosa, ajuda a emagrecer.
  • Melancia:Contém calorias negativas e é diurética, auxiliando no combate ao inchaço. Também ajuda a regular os níveis de açúcar no sangue. Ela abaixa a pressão e é considerada um alimento afrodisíaco.Calorias em 100 g: 24 Kcal.
  • Kiwi: Dentre os benefícios do Kiwi, estão o combate à prisão de ventre e a capacidade de saciar o apetite, ele também é rico em vitamina C, e é diurético. Calorias em 100 g: 46 Kcal.
  • Mamão:Diurético e rico em fibras, facilita a eliminação das fezes e combate a barriga inchada. O mamão é bom para ajudar no controle da diabetes e aliviar os sintomas da gastrite. Uma fatia de mamão picado com 1 potinho de iogurte natural é uma ótima opção para o lanche da manhã. Calorias em 100 g: 85 Kcal.
  • Tangerina: A tangerina ajuda a emagrecer porque é rica em água e fibras, além de ser pouco calórica. Essa fruta é rica em vitamina C, o que ajuda na absorção do ferro no intestino e fortalece o sistema imune, e as suas fibras melhoram o trânsito intestinal, reduzem a absorção de gordura e ajudam a controlar a glicemia. Calorias em 100 g: 38 Kcal.
  • Abacaxi: O abacaxi ajuda a emagrecer pois é rico em água e em vitamina C. O abacaxi combate a retenção de líquidos e deixa a cintura mais fina. Quem não gosta do sabor ácido do abacaxi pode experimentar o abacaxi assado no forno com canela em pau. Calorias em 100 g: 52 Kcal.
  • Limão: Por ultimo e não menos importante o limão que é  diurético, rico em vitamina C e um potente antioxidante, que elimina as toxinas e deixa a pele mais viçosa. Tomar uma xícara de chá da casca de limão diariamente é uma ótima forma de consumir o limão sem açúcar e aproveitar todos os seus benefícios. Além do chá, recomenda-se suco com adoçante e ótimo tempero para saladas.

 

0

Dicas Para uma Boa Suplementação Sem Gastar Muito

A suplementação é uma ferramenta importante para quem deseja ter uma vida saudável e uma dieta equilibrada, mas nos tempos atuais de crise não é nada fácil para o bolso manter uma boa suplementação com produtos de qualidade.

Muitos pontos precisam ser avaliados quando pensamos em uma estratégia de dieta. Um deles é a suplementação e de que maneira, ela pode interagir com a ingestão de alimentos sólidos, para promover uma melhora adaptação ao treinamento.

  • Vá a um nutricionista para saber quais suplementos você deve tomar. Muitas Pessoas não ligam de dar R$400 reais em um pote de Whey que não sabe ao certo se pode tomar, mais ligam em dar R$ 400 reais em nutricionista que lhe dará todas as instruções de alimentação e suplementação
  • Faça sempre essas perguntas antes de comprar qualquer suplemento. Será que não tem opções mais baratas? Será que não é possível substituir ele por determinado alimento?
  • Muitas vezes as pessoas esquecem o motivo pelo qual usam tais produtos. Suplementos servem para compor uma dieta, mas muitas vezes, não são fundamentais para os resultados. Eles tornam a dieta mais prática e muitas vezes, são usados para complementar o que não foi alcançado.
  • Busque sempre um substituto para um produto. Por exemplo a batata doce em pó, substitua pela batata doce in natura.
  • As proteínas são as que mais tem opções baratas.Como por exemplo a clara de ovo pasteurizada, por exemplo, pode ser muito útil, barata e prática. Dependendo de como é seu ritmo de vida, você pode inclusive usar alimentos no lugar dos shakes. Ao invés de suplementar em determinadas situações do dia, use clara de ovo ou frango, que são muito mais baratos e tem muito mais qualidade nutricional.
  • Aposte sempre na qualidade do produto, e fique atento aos ingrediente que o incorporam, por exemplo. Muita gente usa em seu dia a dia BCAAWhey Protein. Um Whey de boa qualidade já contém os aminoácidos presentes no BCAA, tornando o uso deste último desnecessário. É lógico que quem tem que ver isto é o nutricionista, mas no geral, existem suplementos que são desnecessários para quem não é atleta.
  • Não adianta gastar horrores com suplementação quando você treina errado e mantem hábitos não saudáveis, no final das contas você apenas estará jogando seu dinheiro fora, pois para que o suplemento esteja de fato dando resultado você deve ter um habito de ir a academia e ter uma alimentação equilibrada.
  • Se você tiver tempo ande nas lojas de suplementos na sua cidade, veja qual loja lhe oferece os melhores produtos com preço mais em conta, o mesmo vale para quem faz essa pesquisa pela internet, veja qual a loja que lhe dá mais descontos.

Faça alguns desses reajustes e perceba que  é possível  gastar menos com suplementos, sem que haja qualquer perda de qualidade! Para isso, o conhecimento de um bom profissional é fundamental, pois ele pode te ajudar a fazer as escolhas certas.

0

Diferenças Da Proteína Da Carne Para A Proteína do Leite

O consumo alto das proteínas é benéfico aos praticantes dos esportes de alta intensidade, como todo mundo sabe, assim o mercado dos suplementos procurou inovação e oferecer aos consumidores uma nova alternativa de suplemento, a proteína da carne em pó.

A proteína da carne se caracteriza item com fabricação de idêntica maneira que whey protein, ou caseína, que têm derivação do leite, a indústria faz seleção da matéria prima, vai isolar a proteína do produto e faz retirada da água para que se transforme em pó.

Os suplementos a basa de carne bovina são uma ótima alternativa para quem tem intolerância a lactose. A carne vermelha se caracteriza sempre relacionada com ganho da massa muscular. Ingerir proteínas de qualidade é fundamental para composição dos músculos. As refeições, devem possuir como ponto principal o consumo das proteínas. São as mesmas que repararão o tecido muscular em dano no treino e formar novos tecidos.

Proteína em Pó

Há algum tempo surgiu no mercado de suplementação uma nova alternativa da proteína em pó, com proveniência de carne bovina. A proteína de carne em pó apresenta absorção veloz, e se resume isenta das gorduras.

A proteína da carne em pó se resume como uma alternativa em situações em que é desejada proteína de modo rápida antes ou até mesmo depois  de um treinamento de intensidade. O produto ainda pode acompanhar pratos doces e salgados, com vitaminas ou sopas.

Além de atingir um determinado público nas academias a proteína da carne em pó pode ser consumida por paciente com Parkinson, Alzheimer, indivíduos submetidos à cirurgia da redução do estômago, ou procedimentos dentários de complexidade. Pois possuem dificuldade de mastigação, ou engolir carne nos pedaços.

Whey Protein e Proteína da Carne em pó

Que ambas são possibilidades muito boas para se ingerir todo mundo sabe, mais existem algumas comparações entre elas que ainda faz com que uma seja mais eficiente que a outra.

  • Tudo depende do objetivo de quem vai tomar, das características particulares. O indivíduo que possui alergia a whey protein e, ou intolerância a lactose, proteína do ovo ou soja, pode encontrar benefícios no consumo de suplementos de carne em pó.
  • O Whey Protein tem maior vantagem em possuir níveis maiores da leucina, em comparação com proteína da carne. Porém o whey protein possui inferiores taxas da arginina, glicina e alanina, os aminoácidos de modo direto associados com síntese da creatina. Resumindo a proteína da carne em pó é rica em creatina de modo natural, e isso melhora o desempenho e de forma conseqüente, o ganho da massa muscular.

O mercado da suplementação dispõe de várias opções para elaborar correto programa nutricional. É possível apontar como pós proteicos, sem contar whey protein e proteína da carne, as de modo igual de interesse, albumina, proteína isolada do arroz, proteína isolada da soja, proteína isolada da ervilha.

Um dos suplementos mais conhecidos de proteína da carne é o Carnibol que foi desenvolvido através de uma formula exclusiva chamada ProMyoBlend Proprietary, que consiste na Proteína Miofibrilar Hidrolisada da Carne Bovina, Peptídeo de Proteína de Carne e Peptídeos de Colágeno. Com um alto valor biológico devido ao seu excelente aminograma, possui um dos maiores teores de proteína da carne do mercado.
Enriquecido com os aminoácidos essenciais leucina, isoleucina e valina (BCAA), o Carnibol é ainda enriquecido com arginina, ornitina, glutamina , alem de ser isento de gordura e carboidratos. Isso faz desse produto uma excelente fonte proteica para quem necessite de uma rápida recuperação e anabolismo muscular.

Para melhorar seu resultado, a Integralmedica utilizou modernos processos tecnológicos como o “Ammonia Scavenger”, obtendo assim um maior balanço nitrogenado positivo e favorecendo o anabolismo. A amônia é uma substancia tóxica liberada pela degradação das proteínas e aminoácidos, e a diminuição dos seus níveis através de sua reciclagem é importante para o organismo, sendo esse processo denominado Ammonia Scavenger. Esse processo ainda utiliza o nitrogênio encontrado na amônia para a síntese endógena de outros aminoácidos importantes para o organismo, sendo esse processo importante para quem pratica exercício físico de alta intensidade e deseje aumentar a massa muscular.

Consumo da Proteína da carne em pó

os suplementos de carne bovina em pó pode ter ingestão em qualquer horário do dia, no entanto, a recomendação é que seja utilizada em especial, depois do treino, já que desta maneira, a absorção de proteínas, BCAA’s e creatina será potencializada, enfim, tudo que é ingerido depois do treino tem velozmente aproveitamento pelo organismo.

É importante salientar sempre consumir alguma fonte do carboidrato de índice glicêmico alto, juntamente ao suplemento, já que desta maneira, o carboidrato atuará em repor glicogênio, e a proteína da carne atuará em recuperar músculos e taxas da creatina.

E na situação de desejar ingerir o produto em demais horários, o mesmo ainda pode ser utilizado ao despertar e pré-treino.

E lembre-se sempre de procurar um nutricionista para tirar mais dúvidas sobre o consumo da proteína da carne em pó, e os horários certos para que você possa tomar e ter os seus objetivos alcançados.

 

0

Dicas Para Economizar Na Alimentação

Ter uma alimentação equilibrada e saudável, é ótima porém pode custar caro. mais não definitivamente precisa ser assim, e por isso vamos mostrar 4 dicas para ter uma alimentação saudável sem gastar muito!

 Carnes

As carnes são as principais fontes de proteínas na dieta, geralmente, é o grupo de alimentos mais caro do cardápio. Mas é possível gastar menos se você souber escolher. Os preços não variam apenas de acordo com a carne – vermelha, aves ou peixes, mas também de acordo com os cortes de cada uma. Por exemplo, um peito do frango inteiro custa em média menos que o filé de frango. Logo, se você comprar o peito e cortar você mesmo, você já estará economizando, E, se você comprar o frango inteiro, com pele e osso, pode sair ainda mais barato.

Outro exemplo é o patinho que é uma carne considerada magra, pois contém pouca quantidade de gordura, enquanto o acém é uma carne com maior quantidade de gordura, entretanto é mais barata.Logo, se você precisa economizar, você deve escolher as opções mais baratas e ajustar a quantidade de nutrientes das carnes de acordo com as suas necessidades.

Frutas

As frutas, variam de preço de acordo com as épocas do ano. Portanto, ficar de olho na safra, vai te ajudar a economizar.

E as frutas podem ser aproveitadas integralmente. Por exemplo, você pode consumir tanto a polpa quanto a casca do abacaxi. Antes de cortar o abacaxi, o higienize bem. Assim você pode aproveitar a casca para preparar suco, que fica com sabor igual ao do suco feito com a polpa, ou ainda bater com outros sucos, para preparar bolos, doces saudáveis, etc.

Vegetais

Os vegetais não são alimentos caros, mas são de extrema importância na alimentação, pois são alimentos ricos em vitaminas, minerais e outros nutrientes essenciais à saúde. Apesar de não serem caros, dá para economizar e ainda aproveitar todos os seus nutrientes. A primeira dica é escolher os vegetais da época. Ou seja, em determinadas épocas do ano, alguns vegetais ficam mais em conta e são nessas épocas que você deve comprá-los. Outra dica é consumir os alimentos integralmente, ou seja, aproveitar todas as partes deles.

Compras

A primeira dica para economizar na hora das compras é seguir uma lista feita por você alguns dias antes de ir no mercado. Isso evita que você compre por impulso e exagere nas quantidades.

Por exemplo, os vegetais e as frutas são alimentos com curto prazo de validade, já que são alimentos naturais. Logo, você deve comprar a quantidade que você vai consumir em poucos dias, para não haver desperdício.

No caso dos vegetais, você pode pré-preparar e congelar, assim eles duram mais tempo e ainda fica mais fácil de preparar quando for consumi-los. Mas, a dica mais importante é aproveitar as promoções. Se você conseguir comprar os alimentos em promoções, você pode economizar muito! Seja das carnes, dos vegetais, das frutas, sempre é possível pagar um pouquinho menos nos dias de promoções.

Prepare sua comida

Apesar de ser mais prático e não fazer sujeira, comer em restaurantes sempre sai mais caro. Se você quer economizar, comece a cozinhar. Para não ficar com preguiça, separe um dia da sua semana para cozinhar ou a maior parte dos alimentos da sua dieta e congele. Assim, fica mais fácil e prático.

0

Receitas Para Comer Sem Peso Na Consciência!

Variar o cardápio para quem segue uma dieta não é fácil, porém comer sempre os mesmos alimentos e no mesmo modo de preparo é mais difícil ainda, por isso vamos trazer algumas receitas que são fáceis de fazer e que não irão prejudicar sua dieta pelo contrario irá fazer com que seu ganho de massa muscular aumente.

Torta de Frango com purê de batata e aveia

A receita rende oito porções e cada porção tem cerca de 180 calorias.

  • 500 gramas de batata (pode ser batata-doce)
  • Uma colher de sopa de salsinha
  • Duas colheres de óleo de coco (preferencia Power1One)
  • Dois ovos
  • Uma xícara de chá de aveia em flocos (preferencialmente)
  • Uma xícara de chá de ervilha (pode-se adicionar ou substituir por milho)
  • Um peito de frango
  • Sal a gosto

Modo de preparo

1° Coloque as batatas na panela de pressão com água suficiente que as encubra. Cozinhe o peito de frango em uma panela com água e o sal. Quando as batatas estiverem se desmanchando, retire a casca e as amasse.

2° Quando o peito de frango já estiver cozido, desfie-o e reserve. Em uma vasilha refratária coloque as batatas amassadas, de maneira que elas encubram todo o fundo da vasilha.

3° Enquanto isso, em uma panela, cozinhe os dois ovos. Por cima das batatas amassadas coloque o frango, as ervilhas e os ovos cozidos, estes picados em rodelas. Misture a aveia, o sal, o queijo ralado, a salsinha e a margarina light e disponha-os por cima do frango desfiado. Leve-os ao forno por, mais ou menos, 40 minutos.

Batata doce gratinada, recheada com carne

Serve até 10 porções.

  • Uma colher de sopa de salsinha
  • Uma colher de sopa de cheiro verde
  • Três colheres de sopa de queijo cottage ou ricota
  • Uma colher de sopa de aveia
  • 500 gramas de batata doce
  • 350 gramas de patinho já moído
  • Duas colheres de sopa de alho
  • Uma cebola média
  • Temperos naturais de sua preferência;
  • Quatro colheres de sopa de queijo parmesão light;
  • Quatro colheres de sopa de óleo de canola ou de girassol;
  • Pimenta do reino a gosto;
  • Sal a gosto

Modo de preparo

1° Cozinhe a batata com um pouco de sal na panela de pressão. Quando ela estiver amolecida, descasque-a e pique-a em rodelas. Em um refratário, coloque a batata em rodelas, o queijo ralado e a metade da cebola, esta já descascada e picada em rodelas, e leve ao forno. Deixe lá até que os ingredientes fiquem dourados.

2° Os ingredientes que foram levados ao forno ficam reservados para serem acrescentados ao final. Pique a salsinha e o cheiro verde, e frite o alho. Agora, com a carne ainda crua, misture-a a pimenta, ao sal, ao cheiro verde, a aveia, ao alho, ao caldo de picanha e a meia cebola (que sobrou daquela que foi colocada junto com a batata no forno). Misture-os bem até que fiquem com a aparência bem homogênea.

3°Depois, estenda a mistura em uma bancada limpa e enrole até que fique com a aparência de uma massa de pão. No meio dessa massa insira o queijo e feche, não deixando espaços para que entre ar.

4°Depois disso, leve ao forno até que ela fique cozida por dentro e por fora. Em tempos e tempos, abra o forno, retire o alimento e abra para ver seu cozimento interno, fechando novamente caso ele ainda não esteja pronto. Quando ele estiver no ponto de comer junte em uma travessa com as batatas que foram reservadas. Jogue o óleo por cima do alimento.

Omelete de queijo fresco com legumes

  • 1 colher de sopa óleo de coco (ou outro óleo saudável de sua preferência)
  • 10 g salsinha
  • 1/2 xícara de queijo fresco light em cubos
  • 3 ovos grandes
  • 1 xícara abobrinha ralada
  • 1 xícara, cortados ou fatiados tomate
  • 1 pitada sal
  • 1 xícara, raladas cenoura

Modo de preparo:

Num recipiente bata bem os ovos com o sal. Logo após, coloque os legumes ralados, o queijo fresco em cubos e a salsinha picada.

Coloque a mistura em uma frigideira antiaderente, em fogo baixo.

Deixe dourar em ambos os lados. Agora, é só servir com alface picada e tomate.

Caso queira separar um pouco do queijo em cubos para adicionar ao final, fique a vontade.

Strogonoff funcional

  • para o frango:
  • meio peito de frango cortado em cubos
  • 2 dentes de alho
  • 1 limão
  • 1 pitada de sal e pimenta do reino
  • para o molho:
  • 1 copo de molho de tomate caseiro
  • 1 copo de algum leite vegetal de sua preferência
  • 2 colheres de sopa maionese zero calorias

Modo de preparo:

Pegue o frango e tempere com os seguintes ingredientes: alho, limão, pimenta e sal. Depois, refogue com molho de tomate, deixando cozinhar por aproximadamente 15 minutos. Acrescente o leite vegetal batido com a biomassa, e espere até a mistura engrossar. Adicione tempero verde a gosto. Dica: acompanhe com arroz integral, além de uma salada com tomate e coentro.

0

Alimentos Que Ajudam A Desenvolver Massa Muscular

Se você está na busca por hipertrofia e puxar ferro não está rendendo muito, você pode estar fazendo algo errado, e não digo no treino e sim na alimentação. Incluir alimentos ricos em proteínas é essencial para obter aqueles músculos gigantes. Entretanto, esses alimentos não se limitam a duas ou três opções. É possível dar uma variada na sua dieta sem enjoar. Vamos listar alguns alimentos e suas receitas para ganhar massa muscular.

Água

A hidratação é uma parte importante da construção muscular. Seu corpo é 70% constituído de água, e seu tecido muscular é feito de 75% de água. Então, manter seus músculos hidratados ajudará a construir músculos, aumentar os níveis de energia, força e auxiliar na digestão adequada. Sem contar nos outros inúmeros benefícios que ela traz para a saúde.

Peito de Frango

alimento favorito da galera fitness de academia sem dúvidas é o peito de frango, e ele tem boas razões para estar nessa lista. A cada 100 gramas de peito de frango, você obtém 30 gramas de proteína, com um mínimo de gordura.

Além disso, é um alimento relativamente barato, fácil de cozinhar e que pode ser servido de várias maneiras, é só você usar sua criatividade na cozinha!

Receita de Strognoff light com peito de frango

Ingredientes:

  • 300 gramas peito de frango picado;
  • 1 dente alho picado;
  • 1 xícara molho de tomate;
  • 2 colheres de sopa requeijão light;
  • 1/2 xícara de champignon;
  • sal a gosto;
  • pimenta a gosto.

 

Modo de preparo:

Corte o peito de frango em cubos e reserve. Em uma frigideira grande doure o alho no azeite e acrescente o champignon e o frango. Em seguida, quando estiver cozido, adicione o molho de tomate e deixe apurar em fogo baixo por cerca de 10 minutos. Tempere com sal e pimenta a gosto. Desligue o fogo e acrescente o requeijão, misture bem até incorporar. Sirva em seguida com arroz integral.

Carne bovina

Aliada da dieta de quem treina, pois possui alta quantidade de proteína de alto valor biológico, ou seja, todos os aminoácidos essenciais para o crescimento muscular. Se você está em controle de peso e da ingestão de gordura corporal, você não precisa deixar de consumir as carnes, basta escolher as opções mais magras, como patinho e lagarto.

Patinho Grelhado com Vagem e Tomate

Ingredientes

2 bifes de patinho de 200 g cada um
Sal a gosto
2 colheres (sopa) de azeite
1⁄2 pimenta-dedo-de-moça sem as sementes, picada
3 dentes de alho picados
Folhas de tomilho fresco picado a gosto
1⁄2 xícara (chá) de vinho branco
100 g de vagem
100 g de tomate-cereja
1 colher (sopa) de manteiga

Modo de preparo

Tempere a carne com o sal e a pimenta. Reserve. Em uma frigideira, aqueça o azeite e doure o alho com a pimenta e as folhas de tomilho. Retire a mistura e reserve. Na mesma frigideira sem lavar, grelhe os bifes, regando com o vinho. Afervente as vagens com um pouco de sal. Escorra-as. Em uma frigideira, derreta a margarina, salteie as vagens e os tomatinhos. Coloque os bifes nos pratos. Por cima, distribua o alho frito reservado; ao lado, coloque a vagem com os tomates. Sirva em seguida.

Ovos inteiros

Ele fornece uma fonte rápida e fácil de proteína de 6 a 8 gramas por unidade, o que é essencial para a construção e reparação dos músculos pós-treino. Também é um alimento rico em vitaminas, zinco, ferro e cálcio, o que faz dele um dos mais completos para o desenvolvimento muscular. Por isso é um dos alimentos mais consumidos por quem faz academia.

Omelete Recheado

Ingredientes:
3 ovos,
1 tomate,
Ricota,
Peito de peru

Pique os tomates, a ricota e o peito de peru. Esse é o máximo de trabalho que você terá nessa receita. Coloque tudo em uma frigideira (se for daquela dupla, é melhor pra virar) e deixe dar uma leve tostadinha. Misture os ovos e coloque por cima do recheio. Ajeite tudo enquanto os ovos ainda estão moles para que os ingredientes fiquem bem espalhados. Assim que a parte de baixo estiver firme, pode virar a omelete.
Espere no máximo um minuto e sirva!

 Ômega 3

O óleo de peixe tem benefícios anti-inflamatórios que permitem que seu corpo se recupere mais rápido de um treino intenso. Além disso, o ômega 3 também pode ajudar no equilíbrio do metabolismo. Então, você não só irá criar músculos, mas também eliminar mais gordura, e obter um shape mais definido.

Batata Doce

A batata doce é uma das opções mais saborosas e mais convenientes para reabastecer as energias que você perde durante o treino, e alimentar o processo de desenvolvimento muscular. Além disso, elas contém inúmeras vitaminas e minerais, e ajuda a manter níveis normais de açúcar no sangue. E nem precisa falar que ela também está sempre presente nas dietas hipertróficas de quem não sai da academia.

Receita de nhoque fit com batata doce

Ingredientes:

  • 2 batatas doce grandes;
  • 1 ovo;
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva;
  • sal a gosto;
  • pimenta do reino a gosto;
  • ervas a gosto;
  • ½ xícara de chá de farelo de aveia;
  • ½ xícara de chá de farinha de linhaça;
  • ½ xícara de chá de farinha de arroz integral.

Modo de preparo:

Lave bem as batatas e embrulhe em papel alumínio. Leve ao forno por 20 minutos ou até amaciar. Retire as cascas e amasse com um garfo. Em um bowl coloque o purê de batata doce e incorpore os ovos, azeite, sal, pimenta e ervas. Misture até formar uma massa. Adicione o farelo de aveia, farinha de linhaça e de arroz e misture novamente, sovando até começar a desgrudar das mãos. Polvilhe farinha em uma superfície lisa e faça rolinhos com a massa e corte em fatias de 1 cm. Leve o noque na água fervente até cozinhar com um pouco de sal. Quando começar a boiar, retire com uma escumadeira e sirva com molho de tomate caseiro. 

Whey Protein

Whey Proteina é um suplemento feito a partir do soro do leite, que possui alta quantidade de proteína por dose e todos os aminoácidos essenciais para a construção de músculos.  Ele ainda possui uma rápida absorção, ajudando ainda mais no desenvolvimento e crescimento muscular. E ainda tem varias receitas de sobremesas fáceis que da para comer sem precisar se preocupar com a dieta!

 

 

0

Importância da água nas nossas vidas

Desde pequenos sabemos da importância de tomar água todos os dias, além de evitar problemas de saúde, a água ajuda a hidratar o corpo. Pessoas que praticam atividades físicas devem tomar uma quantidade de água maior pois perde muito liquido na transpiração e podem ficar desidratadas.

Recomendação diária de água

A recomendação de ingestão adequada de água é o total de 3,7 litros para homens (de 19 a 70 anos) e 2,7 litros para mulheres (de 19 a 70 anos) diariamente. Essa recomendação é essencial para prevenir danos, principalmente casos graves de desidratação, que podem desencadear anormalidades metabólicas e até mesmo funcionais. O máximo diário não existe pois a água é facilmente eliminada pelo corpo, porém tudo em excesso pode fazer mal e com a água não é diferente, ingerir toda hora pode exceder a taxa de excreção dos rins o sobrecarregando

Ao total de líquidos que ingerimos diariamente, tomando como referência a porção para adultos, 81% procede de líquidos (água e bebidas variadas) e 18% é proveniente dos alimentos.

Tomar muita água diariamente ajuda até mesmo na perda de peso. Isso porque, todo o processo de emagrecimento gera muitas toxinas, que são liberadas mais facilmente através da água. O bom consumo de água facilitará na eliminação das toxinas através da urina, suor, fezes, entre outros.

Dicas para ficar com a hidratação em dia

Não espere ter sede para consumir a água ou outro tipo de líquido saudável. A sede é o primeiro sinal de desidratação. “Lembre de beber cerca de 300 ml de água a cada 2 ou 3 horas, preferencialmente em um horário longe das grandes refeições como almoço e jantar”, explica.

Uma dica para nunca esquecer de tomar água é programar o celular para lembrá-la. Atualmente, no Play Store (Android) ou Apple Store (IOS) existem vários aplicativos que cumprem este papel. Outra dica é usar garrafinhas com volumes determinados de líquido, assim, você pode controlar e estimar o seu consumo diário de água. Além disso no mercado de suplementação existem saborizadores que irão dar aquele sabor a sua água.

0

Regras Básicas Para o Consumo de Proteína

Não é novidade que a proteína é parte fundamental para nutrição esportiva, mais saber a hora certa de consumir e quantidade é o grande segredo para ter o corpo que sonha. Por isso quando se busca a hipertrofia é comum investir em uma dieta onde o consumo de proteína é bem alto, e apostar em suplementos como Whey Protein.

Quando devo consumir

A quantidade ideal de proteína que deverá ser consumida irá variar com seu peso e suas necessidades. Se você é iniciante aqui vão algumas dicas que irão ajudar você a ter uma ideia da quantidade de proteína dos alimentos. O ideal é que ela seja dividida entre 4 a 6 refeições diárias. Para quem treina e deseja ganhar massa muscular, o ideal é que cada refeição contenha cerca de 0,3 a 0,4 g de proteína por kg de peso.

Atum (100g, embalado em água): 25,5g                           Frango (100g de peito cozido): 30g

Tofu (100g): 8g                                                                       Lentilhas (100g, cozidas, sem gordura): 9g

1 ovo: 6g                                                                                    1 clara de ovo: 3g

É claro que a quantidade de proteína que você irá consumir nas refeições pode ser alterada, se você já é ativo poderá tomar shakes que ajudarão a maximizar o seu consumo de proteína.

Qual o melhor tipo de proteína

A proteína pode ser originalmente animal ou vegetal. Nos alimentos de origem animal (como carnes, ovos, leite) são de alto valor biológico, ou seja, contém todos os aminoácidos essenciais àqueles que não produzimos no organismos e que são fundamentais para a formação da proteína. Alguns alimentos de origem vegetal também possuem todos os aminoácidos essenciais, como a soja. A proteína de soja é uma das poucas proteínas em pó de origem vegetal que possui todos os aminoácidos essenciais. Além disso, ela contém glutamina e arginina, que, juntas, auxiliam na recuperação pós-treino e permitem que os nutrientes cheguem mais rapidamente aos músculos. Comparando a proteína animal e vegetal não há melhor ou pior. Seguindo um plano alimentar equilibrado, as duas podem atender as suas necessidades nutricionais.

Uma dica de extrema importância para quem faz atividades físicas e deve ter um alto valor de consumo de proteínas é estar atento a quantidade ideal de carboidrato e gordura que deve consumir e equilibrar no seu plano alimentar, com a escolha dos alimentos corretos.

Já a proteína em pó são ótimas fontes do nutriente e podem ser utilizados para suprir a quantidade proteica de algumas refeições. Alguns desses suplementos apresentam quantidades baixas ou até zero de carboidratos e gorduras. Por isso, são indicados para quem precisa aumentar o consumo de proteína, sem aumentar o de outros nutrientes.

O Whey Protein ajuda na recuperação muscular, fornece todos os aminoácidos essenciais, auxilia no fortalecimento do sistema imune, tem relação direta com o ganho de força e massa muscular, entre outras vantagens que te ajudam a dar um gás no seu treino, e chegar com mais rapidez no seu objetivo.

Para saber como escolher o Whey ideal para você, entenda as diferenças entre os tipos concentrados, isolados e hidrolisados:

  1. concentrado: passa por um mínimo processo de filtragem durante o seu processamento e pode conter entre 25% e 89% de proteínas, carboidratos (lactose) e lipídeos. No entanto, um bom Whey concentrado tem entre 80% e 89% de proteínas do soro do leite.
  2. isolado: devido ao seu processo de filtração mais complexo, o Whey isolado é considerado mais puro se comparado ao anterior. Ele tem cerca de 90% de proteínas e não possui lactose ou gorduras.
  3. hidrolisado: o Whey passa por um processo de hidrólise, em que as proteínas são quebradas em tamanhos menores para facilitar a digestão. Vale ressaltar que esse processo pode estar presente também nos tipos considerados concentrados e isolados.

Uma outra dica que irá te ajudar muito independente do seu objetivo, é no caso de você treinar a noite é só consumir whey no pós treino, não necessariamente você poderá seguir essa regra, se por exemplo seu café da manhã não tiver uma quantidade boa de proteína, você poderá fazer uma shake de whey para tomar no café, assim você estará consumindo mais proteínas. Lembrando que também o consumo de água por dia deve ser de no mínimo 2,5 litros.

A proteína também ajuda a estabilizar sua energia, dá sensação de saciedade por mais tempo e melhora o seu metabolismo. É por isso que quanto maior for a quantidade de refeições ricas em proteína, menor será a chance de que você queira comer entre as refeições.

 

0

Suplementação antes de dormir

Tomar suplementos antes de dormir irá otimizar o seu desenvolvimento e restaurar a massa muscular.

Para quem pratica algum tipo de atividade física dormir bem ter as horas de descanso necessárias é tão importante quanto o próprio treino. Tomar alguma suplementação antes do sono pode ajudar a ter um bom resultado .

Durante o período de descanso a síntese proteica é mais elevada nas fibras musculares que sofreram mais carga. Isto significa que os músculos mais trabalhados durante o treino são aqueles que vão necessitar de maior recuperação para se desenvolverem melhor e se adaptarem ao treino.

a proteína é a estrutura básica do tecido muscular, a ingestão de proteína mesmo antes de ir dormir, é uma excelente opção para minimizar o catabolismo noturno. Esta ingestão de proteína pode ser feita com recurso a alimentos ricos em proteína ou suplementos proteicos, os quais constituem uma opção mais prática e rápida de preparar e tomar.

No entanto, há algumas considerações importantes sobre o tipo de proteína a ingerir neste período. Se comer algo sólido, não será assim tão importante, já que irá demorar mais tempo a ser digerida.

Porém se preferir tomar um suplemento proteico, tem, basicamente, duas opções: ou toma uma proteína de digestão e absorção rápidas, como a Whey, e adiciona um alimento com alguma gordura para atrasar a digestão, ou opta por tomar uma proteína de digestão e absorção lenta, como é o caso da caseína.

Dicas de qual proteína tomar antes de dormir

Whey Protein

O Whey é uma proteína de absorção rápida, sendo dissolvido (em água ou sumo rico em açucares simples) digeridos de forma muito rápida pelo organismo, alcançando os músculos passado pouco tempo após ingestão. Logo se sabe que o Whey é o mais recomendado logo após o exercício.

Quanto se trata da sua ingestão antes de dormir, misturá-la com leite ou derivados, vai permitir que o processo de digestão e absorção,e libertação de aminoácidos para os músculos lentamente. Caso prefira misturar com água, tem a opção de adicionar fruta ou oleaginosos que terá o efeito bem semelhante.

Caseína

A caseína é uma proteína de absorção lenta, o que permite “alimentar” os músculos durante várias horas após a sua ingestão. O seu efeito é particularmente relevante em fases de crescimento muscular, exercício físico intenso, dietas de emagrecimento ou períodos de jejum prolongado.

Além disso, através do fornecimento de um extenso perfil de aminoácidos de cadeia ramificada (leucina, isoleucina e valina), a caseína permite a reparação e recuperação de fibras musculares, sendo um dos melhores suplementos para tomar antes de dormir.

Suplementos para melhoria do sono e Recuperação Muscular

 Melatonina

A melatonina é um dos suplementos mais usados para fins de indução do sono. Produzida pela glândula pineal durante a noite, a melatonina é a substância responsável por regular os ciclos circadianos (dormir-acordar).

No entanto, com o avançar da idade ou devido ao stress, a produção de melatonina diminui e algumas pessoas deixam de produzi-la em quantidade suficiente, sendo, indicada a sua suplementação antes de dormir.

Neste sentido, a suplementação com melatonina reduz o tempo até adormecer, aumenta o número de horas de sono e a atenção e concentração durante o dia, além de contribuir para a recuperação muscular.

GABA

O GABA é um aminoácido e neurotransmissor produzido naturalmente pelo organismo, existindo também em suplemento. A sua ação bloqueia o stress e a ansiedade desempenhando um efeito relaxante no cérebro.

Desta forma, este aminoácido ajuda a melhorar o processo de tomada de decisão e o sono, sendo uma boa alternativa às benzodiazepinas.

Além disso, o GABA promove um aumento da libertação do hormonio de crescimento que, para além de aumentar a regeneração muscular e o crescimento dos músculos, auxilia na perda de peso.

ZMA

Este suplemento é uma mistura de zinco, magnésio e vitamina B6 (piridoxina).

Muitos atletas ingerem ZMA apenas com o intuito de melhorar os níveis de testosterona e força, no entanto este suplemento é também muito bom para melhorar o sono.

De facto, o magnésio diminui os níveis de ansiedade e a vitamina B6 aumenta a conversão de triptofano em serotonina, melhorando a qualidade do sono.

Neste suplemento a combinação de magnésio e vitamina B6 promove não só uma maior facilidade em adormecer, mas também uma grande melhoria na qualidade de sono.

Arginina

A arginina ainda tem uma ação altamente positiva sobre dois hormônios fundamentais para a hipertrofia: a insulina e o glucagon.

Desta maneira, a sua utilização antes do sono tem uma característica muito específica: auxiliar na melhora dos processos hormonais. Para otimizar ainda mais a sua utilização durante o sono, a arginina tem um grande poder de regeneração muscular, através da cicatrização das microlesões teciduais. Sendo assim, somando todos os fatores aqui já citados, a arginina é um suplemento fantástico para tomar antes de dormir, visando o anabolismo! Indica-se o seu uso até uma hora antes de ir para a cama dormir.

O que você toma antes de dormir tem relação direta com seus resultados. Quanto mais conseguirmos otimizar os processos anabólicos durante o sono, melhor.  Por isso, mantenha a qualidade de sua dieta sempre e não apenas antes de ir para a cama.

0

13 Curiosidades sobre o Ômega 3

O Ômega 3 é uma gordura polinsaturada essencial para o crescimento normal, saúde cardiovascular e desenvolvimento cerebral, e está presente em alimentos como atum, cavala, salmão e nozes, um conjunto de ácidos graxos.

Conheça agora 13 Curiosidades sobre o Ômega 3

 

1 – O segredo dos Esquimós

Apesar do alto consumo de gordura pelos esquimós, os seus níveis de colesterol são mais baixos que a maioria dos povos ocidentais. Isto aconteceu devido ao alto consumo de Ômega 3 proveniente dos peixes de água fria.

 

2 – Salmão é o melhor

O Ômega 3 de maior qualidade é encontrado no salmão, porém deve ser o salmão selvagem, que vive em mares frios. O salmão criado em cativeiro que é alimentado com ração produz quantidades muito pequenas de Ômega 3.

 

3 – Obrigatório por lei

Na Alemanha existe uma lei, que quando uma mulher se casa, no dia seguinte ela deve começar a suplementar Ômega 3. O objetivo da lei é que a mulher forme reservas em seu corpo, que durante a gestação ajudarão o feto na formação cerebral e estimulam que a criança seja mais inteligente, assim como prevenir depressão pós parto na mãe.

 

4 – Por falar em depressão pós parto

Muitas vezes é ocasionada pela deficiência de Ômega 3. Isso ocorre porque durante a formação cerebral do feto, ele suga praticamente todas as reservas da mãe, se a mulher não consumir quantidades adequadas do nutriente para reverter a deficiência, ela possivelmente sofrerá de depressão pós parto.

 

5- Tratamento psiquiátrico

Com uma ligação muito forte com o cérebro, o Ômega 3 vem sendo cada vez mais utilizado em tratamentos de transtornos mentais como depressão e esquizofrenia, ajudando a tratar também outros sintomas de psicoses. Vem tendo cada vez mais resultados positivos.

 

6 – Efeitos colaterais

Um dos pontos fracos na suplementação do também chamado óleo de peixe, é o gosto de peixe na boca algum tempo depois da ingestão das cápsulas. Este desconforto pode ser evitado ingerindo-o antes das refeições, assim os alimentos consumidos impedirão este desconforto.

 

7 – Peixe frito não!

Uma das maiores fontes de Ômega 3 são os peixes, porém eles devem ser consumidos cozidos ou assados, pois o processo de fritura o faz oxidar e perder todas as suas propriedades. O Ômega 3 de maior qualidade é encontrado no salmão, no entanto deve ser o salmão selvagem, que vive em mares frios. O salmão criado em cativeiro é alimentado com ração, tendo quantidades muito pequenas de ômega 3.

 

8 – Teste do cheiro

Uma forma de saber se o Ômega 3 está fresco ou oxidado é abrindo uma cápsula e cheirando. Caso esteja com um cheiro muito forte de peixe, significa que está oxidado, se houver um cheiro leve ainda não oxidou, se não apresentar nenhum cheiro então está fresco e na melhor maneira para o consumo.

 

9 – Veganos também podem

Nozes, sementes de chia e linhaça também são alimentos ricos em Ômega 3, mas devem ser devidamente preparados. Outra opção são os suplementos veganos, que extraem esse nutriente de vegetais.

 

10- Evite a má qualidade do Ômega 3

Para testar se seu Ômega 3 é puro, basta pegar uma cápsula, deixar no congelador por 5 horas, após isso, retire e tente furar com um palito de dentes. Caso o palito entrar com facilidade, está tudo certo. Se estiver congelado, há alguma outra substância mais barata na mistura.

 

11 – Suplementos de Ômega 3

Por inibirem a agregação plaquetária, os suplementos de Ômega 3 devem ser ingeridos com moderação por pessoas que tomam medicamentos anticoagulantes, como a aspirina. A quantidade ingerida deve estar em equilíbrio com a de Ômega 6, este é um ácido gordo polinsaturado fundamental para a saúde, ão sendo produzido pelo o nosso corpo.

A Organização Mundial da Saúde aponta que a suplementação de Ômega 3 é benéfica para mulheres grávidas, uma vez que esta substância é fundamental para o desenvolvimento do cérebro da criança ainda na fase inicial.

 

12 – Não congela

O Ômega 3 não congela mesmo a baixíssimas temperaturas, da mesma maneira que o sangue dos animais marinhos de águas frias que o contém.

 

13 – Cuidados

Um cuidado importante é quanto a contaminação com metais pesados como mercúrio e a adição de químicos no processo de fabricação.

 

O indicado é consumir em média 3 gramas por dia, ou duas cápsulas de boa qualidade, mas pode variar de acordo com seus objetivos ou indicações médicas.