0

Principais dúvidas sobre o uso do termogênico

 

1) Os termogênicos viciam?

 

Não existe uma comprovação de que haja uma dependência, até porque não possuem quantidades suficientes de componentes, como a cafeína, por exemplo, que levem ao vício. O uso dos termogênicos aumenta o estado de alerta do corpo. É como se ele estivesse sendo preparado para uma aceleração, por um período de tempo, a chamada vasodilatação, quando o sangue chega aos músculos mais rápido. Isso dá a sensação de disposição.

 

2) Quando deve ser ingerido no pré ou pós treino?

 

Os termogênicos devem ser ingeridos sempre antes de praticar uma atividade física, afinal eles vão estimular o praticante. No período da noite, podem influenciar na qualidade do seu sono.

 

3) Quem pode tomar?

 

Não há restrição para a maioria do público. Antes de fazer uso, porém, é preciso sempre consultar um médico. É aconselhado também quando a performance atinge o platô e os treinos já não têm mais o mesmo efeito. Outro momento indicado para ingeri-los é aquele dia em que bate preguiça ou desânimo de praticar atividade física. A ingestão, no entanto, não deve ser diária e, antes de passar a usá-los. Grávidas e mulheres amamentando são proibidas de consumi-los.

 

4) Existem termogênicos naturais?

 

Sim. Encontramos as substâncias termogênicas em alimentos como o gengibre, a pimenta vermelha, a casca de laranja amarga, o suco de beterraba, o chá verde, a canela, o abacaxi e o café. Eles não têm a mesma propriedade que os termogênicos em cápsulas, por exemplo, mas atuam como “energéticos”.

 

5) Uma pessoa que não faz exercício e consome termogênicos engorda?

 

Não engorda, mas vai se sentir mal. Essa aceleração que o efeito dos complementos causa é indicada para quem for praticar alguma atividade. Caso contrário, o indivíduo vai suar, ficará inquieto, agitado e terá dificuldade para se concentrar.

Fernando Henrique

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *